beleza

Tratamentos para Cicatrizes de Acne

 

Olha só, enquanto nossa matéria “fresquinha e exclusiva” está em elaboração (demora gente. Marca, desmarca, uma loucura) vou REPRODUZIR aqui um resumão da revista Veja, só pra gente deixar o assunto esquentando:

“Enfim, livre das espinhas. Passou a fase. Mas hoje seu espelho pode mostrar outro problema: as cicatrizes que ficaram. Ter cicatriz depois das espinhas é uma tendência pessoal. Costuma acontecer em quem teve um caso de acne mais grave, com cistos. Também aparece nos que cutucaram muito as espinhas.

Foi isso que aconteceu com você? Pois então, é a você mesmo que eu dedico essa coluna, que fala de como suavizar essas marcas. Dependendo de como são as cicatrizes e do tratamento escolhido, elas melhoram bastante e podem até desaparecer.
Aí vão boas opções de tratamento:

Preenchimento

Funciona muito bem se sua cicatriz desaparece ao esticarmos a pele. Injetamos sob a cicatriz uma substância que aumenta o volume local. O objetivo é deixar a cicatriz no mesmo plano que a pele ao redor. O melhor preenchedor é o ácido hialurônico, que dura mais ou menos um ano. Passado esse tempo, é hora de repetir o tratamento.

Subcisão

Se sua cicatriz não desaparece quando a pele é esticada, não dá para usar o preenchimento. É que nesse caso existem fibras de colágeno que repuxam a pele para baixo e precisam ser cortadas. Isso é feito com a subcisão. Depois da subcisão, forma-se um hematoma que desaparece em mais ou menos duas semanas. O tratamento pode precisar de várias sessões.

Peeling químico

Neste tratamento, uma solução química age sobre a pele. Dependendo da solução aplicada, o peeling pode ser superficial, médio ou profundo. Os peelings superficiais renovam a epiderme, camada mais superficial da pele. Ao se regenerar, ela fica mais uniforme. Funcionam nas manchas deixadas pela acne, mas não nas cicatrizes.

Um ataque mais profundo também melhora a qualidade da derme, segunda camada da pele. Quanto mais profundo esse ataque, maior o grau da suavização das cicatrizes profundas. Se suas cicatrizes são assim, você deve realizar alguns peelings médios ou profundos. Aumentando a profundidade do peeling, aumentam também o desconforto e os riscos de efeitos colaterais.

Dermabrasão e microdermabrasão

Na dermabrasão, uma lixa remove a epiderme e parte da derme. A profundidade dessa abrasão é controlada diretamente pelo médico, que determina o momento de parar. Com o tempo, nasce uma pele nova, de superfície bem mais regular e com muito menos cicatrizes. A melhora, após uma única sessão, é muito grande. As cicatrizes superficiais somem e as profundas ficam menores.

Como você deve estar imaginando, perder toda a camada mais superficial da pele é bastante agressivo e dolorido. A aparência logo após o tratamento impressiona. Você deve se afastar de suas atividades normais por um período de 3 a 4 semanas. E, por alguns meses, fuja do sol. Tendo paciência para aguentar essa fase, o tratamento compensa.
Na microdermabrasão, conhecida como peeling de cristais, um aparelho joga e aspira pequenas partículas na pele. Isso também remove células, mas o efeito é superficial, e muitas vezes nem ultrapassa a epiderme. A profundidade da agressão também varia de acordo com o desejo do médico.

Laser

A agressão é semelhante àquela que acontece na dermabrasão. O laser remove completamente a epiderme, camada mais superficial da pele, e parte da derme, segunda camada da pele. Ele aquece essas camadas com tanta intensidade que as células simplesmente evaporam.
Assim como na dermabrasão, a aparência logo depois do tratamento também é desagradável, e a pessoa deve cuidar bastante da pele sensibilizada. O período de afastamento varia de 2 a 4 semanas, dependendo do laser usado.

Laser fracionado

Por causa da eficiência do laser, mas dos problemas causados por tamanha agressividade, surgiu a ideia do laser fracionado, um tratamento mais moderno. Imagine o laser convencional como um cano jogando água, e o laser fracionado como um chuveiro.

O laser fracionado produz milhares de pontinhos tratados em meio à pele não atingida. A agressão salteada regenera o colágeno da derme e renova a epiderme, com um tempo de recuperação rápido. O desconforto após a sessão é pequeno. A melhora por sessão é menor que no laser convencional, e por isso realizamos algumas sessões. Mas o efeito é muito bom.”

Por Dra. Lucia Mandel
Dermatologista

Quem já testou algum desses procedimentos?

Gostou? Não?

Conte-nos tudo, não esconda na-da…

26 comentários

  1. Lu disse:

    Vivi,

    Adoro os posts sobre pele!!!

    Saiu uma reportagem na Veja, que não foi exatamente esta que vc reproduziu, que comparava a eficiência dos tratamentos (estes mesmos que vc postou) para melhorar as cicatrizes, foi há 1 ou 2 meses.

    Pena que a conclusão, era que dá para melhorar um pouco as cicatrizes, mas apagar não, eles sempre estarão lá. Serão eternas.

    As cicatrizes Ice pick (as minhas!!!), são as mais difíceis, pois atingem uma camada tão profunda, que nada dá jeito, nem os tratamentos mais modernos, segundo a reportagem.

    Eu sou prova viva, que quem tem cicatriz Ice Pick, melhor se conformar, já fiz de tudo (peeling de Ata, Fenol, TCA, Glicólico, Jessner, Luz Pulsada, YAG e CO2 Smartxide), já gastei o que tinha e o que não tinha, melhorou um pouco, talvez uns 50% no máximo, e só.

    E já li um coment em um Fórum sobre cicatrizes, que se elas realmente tivessem jeito, todos os astros “hollywoodianos” teriam pele perfeita, e isto nem sempre acontece. Incluo aqui o jogador Cristiano Ronaldo sem Photoshop, que vaidoso do jeito que é, não teria as malditas “Ice Pick” do jeito que ele tem.

    Eu destesto as minhas cicatrizes.

    Hoje quando leio estas reportagens sobre tratamentos, sei que são SÓ tratamentos, e não solução, se assim fossem, assim se chamariam, né!!!

    Beijossss

    Vivi respondeu:

    @Lu,
    Lu, eu li essa matéria e era ela que eu queria publicar, mas não estou
    encontrando a revista e online essa era a que estava disponível. Mas quero
    muito voltar ao assunto, porque existem vários tipos de cicatrizes e isso
    é o que determina se o tratamento vai funcionar ou não, né…

    A melor notícia é que é justamente com o ácido hialurônico (que me fez
    entrar no assunto) que as Ice Picks têm ótimos resultados!!!

    Me aguarde, semana que vem tem novidade quente! 😉
    Beijo!

  2. Nossa Vivi, hoje mesmo estava pensando sobre isso. Tenho muitas marcas no rosto, minhas espinhas surgiram por causa do ovário policístico. Elas foram embora mas deixaram suas marcas.
    Preciso muito de um tratamento desse.

    Bjo

    Vivi respondeu:

    @viviane tassi brabos,

    Vivi, prometo que vou entrar nessa questão do tipo de cicatriz. Porque são
    muitos diferentes e de repente a gente vê a opinão de uma pessoa e pensa, ah,
    nada disso adianta nada. Mas a cicatriz dela pode ser o oposto da sua e o
    resultado muto diferente…

    Beijo!

  3. Luciane Mareth disse:

    Vivi,

    Pois é, tudo depende do tipo de cicatriz. Eu tenho CENTENAS, mas centenas mesmo de microcicatrizes profundas, como se fossem feitas com furador de gelo, a bordinha de algumas é bem regular e se parece com um grande poro aberto, mas outras tem a borda mais irregular, e essas são as piores, mas são todas bem miúdas e profundas. Como se minha pele tivesse sido perfurada irregularmente, milhares de vezes pelo furador de gelo minúsculo.

    “Punch” não tem como fazer, e nem resolveria para o meu caso de milhares de microcicatrizes, pois o tratamento é indicado para corrigir cicatriz tipo “box”, que não são as minhas.

    Eu tenho as minhas dúvidas se o dermaroller funcionaria, mas eu acredito que sim, por serem microagulhas estimulando uma nova cicatrização, mais plana. E eu encararia numa boa, mesmo com a “sanguinolência” do método. Só ainda não encontrei uma dermato ao meu alcance financeiro que tenha aderido ao método controverso.

    Mas fico aqui, torcendo para que algo muito bom aconteça e que algo novo venha revolucionar os métodos existentes pouco eficientes para o meu caso.

    Quando li a reportagem da Veja onde a conclusão era de que nada resolvia 100% algumas cicatrizes (do mesmo tipo que as minhas), de certa forma fiquei até aliviada, depois de ler sobre tantas falsas promessas de resultados impossíveis. Descobri através da reportagem que o problema não foram nem os métodos usados e nem as dermatologistas (muitas muito boas, outra nem tanto) que já frequentei e sim a dificuldade de resolver o problema.

    Bom, mas estou aqui torcendo, para vc traga uma novidade muito boa!!! E se tiver vaga para uma cobaia, me coloque na fila.

    Bjssssssssss

    Vivi respondeu:

    @Luciane Mareth,

    Tô me coçando toda, Lu, porque só preciso de AUTORIZAÇÃO pra mostarrrrr…

    rsrs
    Bjón!

  4. Vivian disse:

    Oi Vivi!

    Eu já fiz peelings de ácido retinóico, resorcina e ATA. Tbém fiz peeling de cristal e diamante, e luz pulsada.

    E agora, graças a você, eu tomei coragem e fiz o laser de CO2 fracionado. Estou no quinto dia e já adorando o resultado.

    Agradeço por você ter colocado suas fotos do durante (o laser de CO2) no seu antigo blog. Qdo batia um desespero de “isso que está acontecendo comigo é normal? vai melhorar?” eu ia lá olhava as suas fotos do dia correspondente ao meu, a sua foto do depois e me acalmava!

    Lu, talvez o povo de Hollywood tenha medo de ser pego por um paparazzi com o rosto todo descascando de peeling… E o Cristiano Ronaldo, esse eu acho que não gosta de sentir dor! Hahahaha! Brincadeira! Mas ainda não perdi as esperanças de ver o meu rosto livre de cicatrizes! A medicina tá evoluindo!

    Bjs Vi

    Vivi respondeu:

    @Vivian,

    hahahaha, bom, ainda bem que “aquelas” fotos serviram pra acalmar algumas
    pessoas kkkk

    Depois me conta como foram seus resultados!

    Beeiju!

  5. Oii sempre acompanhei seu blog, mais nunca tive coragem de comentar, para falar o quanto ele e bom, eu amoooo seu blog de mais mesmo.
    Mais mudando de assunto (hehe) tenho um novo blog e gostaria que você o seguisse, eu sei que é praticamente impossível mais as vezes o impossível acontece.Então eu te peço de coração, para seguir meu blog : http://theglossglam.blogspot.com obrigado.

  6. Gabi Squizato disse:

    Vivs,
    Tenho percebido que a maioria de seus posts têm sido sobre pele…E estou amando! Depois de iniciar meus estudos na área de estética (porque eles nunca terminam! tem sempre muita coisa nova para aprender) comecei a me dedicar muito mais no cuidado da minha pele e das pessoas ao meu redor…e, pasmem! eu, que sou maquiadora antes de ser esteticista, estou até usando menos maquiagem, pois a pele está muito melhor…!

    O segredo (de tudo na vida!) é previnir antes de ter que remediar…

    Vivi respondeu:

    @Gabi Squizato,

    Aquela velha história, né, Gabis: com a tela boa…
    Essa área mda constatemente (ainda bem!) e estou doida pra conhecer
    sua Clínica!!!

    Beiju!

  7. Patricia disse:

    Gostei muito da reportagem, porque é difícil encontrar meu tratamento ideal. Há um tempo atrás fui numa dermatologista, mas acho que ela pensou que eu fosse muito nova ou não deu muito crédito ao que eu queria… Só passou alguns ácidos manipulados, mas coisas que encontro em muito produtinhos industrializados por aí… Não fizeram efeito e também não voltei pq não queria ficar pagando caro em consulta só para fazer isso!
    O que eu tenho são marquinhas vermelho/escuras mas que eu realmente não me lembro de ter tido tanta acne quanto o numero de manchinhas eu tenho. Muitas apareceram meio que sozinhas, outras da acne… Enfim, fico na dúvida de qual tratamento para removê-las, pois elas não são fundas de maneira alguma… E ao mesmo tempo não queria que as sardas fossem removidas, porque gosto delas! E só por isso não uso um whitening cream…
    Só maquiagem por enquanto… =/
    beijos!

    Vivi respondeu:

    @Patricia,

    Pode ser um misto de manchas de acne com manchas de luz, não pode, Patrícia?

    Já se forem sardas mesmo, dificilmente serão removidas…

    Concord com você, é cada vez mais difícil encontrar um bom profissional. Tem
    muita gente no mercado só atrás da $$$ imediata. O que é uma besteira, ne. Já
    que clente satisfeito é pra vida toda. 🙂

    Beijo!

  8. Ligia disse:

    Ainnnn so agora achei o seu blog! vc sempre foi a melhor!!!! so q la no TT eu nao comentava…

    Well… como sempre seus posts sobre pele they rock babe!!!!

    eu alem das cicatrizes, as espinhas nao querem me legar mesmo quase chegando aos 30… acho q vou cortar a cabeça e esperar q nasça uma cara nova! rs

    bjo vivi…

    Vivi respondeu:

    @Ligia,

    Arranca, não, Ligia! Menina radical! rs
    Beijo! e seja bem vinda 🙂

  9. Lu disse:

    Vivi,

    Eu estou me coçando aqui de curiosidade depois do que vc falou!!!

    Bjsss

  10. Lila Czar disse:

    Ótimo Post, Vivi. Super informativo. Não tenho marcas de acne, mas usaria laser e outras técnicas sem problemas!!!!!!!!!!

    Lila Czar
    http://seviracom30.blogspot.com

  11. Camila disse:

    Depois de vc ter feito o co2 me animei a fazer tb. Mas no meu caso, os problemas são as estrias e cicatrizes de acne nas costas (sim, nas costas). Fiz minha primeira sessão mês passado e parto para a segunda sessão na próxima segunda…(quantas segundas). Notei que algumas estrias diminuiram, estão menos aparentes. Quanto as marcas de acne, já deu uma suavizada considerável! Gente, super recomendo! É um investimento que vale a pena…
    Mas lembrem-se, meninas: milagres não acontecem.
    Beijos!

  12. Beatriz disse:

    Nossa, esse post caiu do ceu HAHAHAHA
    Eu tenho muuuuuuuuitas espinhas 🙂 Eu consigo cuidar delas, agora que descobri um produto mara! O nome dele é Differin gel, ele ajuda muuuuito! Ok, é um pouco carinho, mas vale MUITO pena, e dura muito tb! Eu uso ele e minhas espinhas no dia seguinte ja estao bem melhor 🙂 Ta ai uma dica 😛 So nao sei do que ele é feito.. Parece que tem acido :X Quando eu uso ele nao fica manchinha nem nada, mas eu tenho umas manchinhas de quando ainda nao usava :/ Acho que vou ver isso do Laser, foi o que eu achei melhorzinho pra mim ^^
    Otimas dicas meeeeesmo ^^

  13. nossa eu adooro entrar aqui porque eu tenho muitas espinhas e agora esse produto mara vai fazer muito susseso ,quenada ja esperimentei não adiantou nada isso não passa de um tratamento pra bebe eu uso creme inportado

  14. adoooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooro o luaaaaaaaaaaaaaaaaan saaaaaaaaaaaataaaaaaaaanaaaa

  15. Gabi Arc disse:

    vivi, adorei o post, to so esperando passar com uma dermato pra ver o que fazer na minha!!!
    fiquei muito feliz em ter te encontrado na blogosfera de novo
    bjm

  16. Gisele disse:

    Adorei sobre o tema “olheiras”, sempe procurava na net e nunca achava nada….e seu CO2, to prestes a fazer tbem..huahauhau…
    Me ajuda numa informação, pls….como sou do interior, as medicas aki não ousam fazer o preenchimento de acido em olheiras, me indique a sua para uma avaliaçõa? Estou de férias no momento que gostaria de fazer…tem como deixar o nome e telefone da clinica?
    Fico aguardando ansiosa..
    bjs

  17. Adla disse:

    Concordo com a Lu. Também tenho o rosto completamente coberto de cicatrizes de acne. O grau da minha foi altíssimo. Não há nada que remova as cicatrizes…Já fiz todos os tratamentos que me indicaram, todos o lasers existente no mercado brasileiro (segundo meu médico), 3 vezes uso do roacutam….Confesso q estou cansada, hoje diria até triste, pois minha pele não melhorou 50% com tudo q fiz e gastei. Inicio do mês fiz outro laser, mas a impressão é que as cicatrizes estão mais visíveis…Chego a achar que devo ter outro problema que altera minha pele, pois teve momentos q elas estiveram melhores, mais suave…De uns seis meses pra cá não tem nada que melhore o aspecto! O rosto é cartão postal de uma pessoa, é horrível conviver com essas marcas! Por favor, se vocês descobrirem algo que solucione ou algum dermatologista milagroso, me avisem. FAço qualquer coisa para ter uma pele lisa, ou pelo menos com cicatrizes menos visiveis….
    Bjo no coração!

  18. Rodrigo disse:

    Olá.

    Eu declarei guerra às cicatrizes de espinhas e depois de pesquisar encontrei uma dermatologista que faz o microagulhamento através do Dermaroller.

    Estou na 3ª sessão mas já estou satisfeito com os resultados até agora. Vou fazer 4 sessões. Para ajudar outras pessoas resolvi fazer um blog só sobre o assunto e estou detalhando como está sendo meu tratamento com todas as fotos do antes, durante e depois.

    http://www.tirarmarcasespinhas.com.br/como-tirar-marcas-de-espinhas-cicatrizes-de-acne/

    Se alguém quiser conferir e acompanhar pode ficar a vontade.

  19. Andressa disse:

    Oi
    Vc já tentou o dermaroller?
    Índico Dr Emerson de Andrade Lima.
    Ele é de Recife e atende 1 v3z por mês em São Paulo
    Trouxe a técnica para o Brasil.
    Bjos

Deixe um comentário :D