beleza

Leitura: Vida Simples

 

A dica de hoje não é de livro, mas uma revista.

A Vida Simples me conquistou aos poucos, mas agora é com certeza uma das minhas leituras preferidas. Ninguém indicou, não foi nenhum link imperdível. Simplesmente ganhei uma assinatura de 6 meses por ter renovado uma outra publicação, por dois anos.

Quando via a revista a banca, nem ligava. Sabe aquela indiferença que a gente sente por 90% dos títulos enquanto presta atenção só naquele mais do mesmo, porto seguro de interesse? Eu era assim e achava que a Vida Simples era pra quem simpatizava com um estilo hippie de ser, que eu não tenho (sou consumista, ansiosa e urbana demais pra quem mora praticamente no meio de um pasto – vocês sabem disso…). Estava completamente equivocada, boboca.

Quando comecei a receber minhas edições-brinde, foi aflorando ali o reconhecimento de uma coisa que eu já tinha até deixado de procurar, tanto tempo que fazia que não via mais. Conversa leve sobre assuntos pesados, sabem como?

Estilo de vida, filosofia de balcão, consumo alternativo. Tudo de um jeito bem moderno – mas sem ser muderno, se é que vocês me entendem, que não aguento mudernidade imposta – e que cativa a leitura. Dá vontade de ler e conhecer mais. Parar para pensar  (pensar, pensar, pensar) em coisas cotidianas e, como não deixar de dizer, levar uma vida mais simples, no sentido mais luminoso da expressão.

Recomendo e acho que muitas de vocês vão gostar…

Aperitivo:
(…)Ser autônomo significa fazer suas próprias escolhas e assumir responsabilidade por elas. Não quer dizer, cuidado, que se possa fazer o que se quer, atender a seus desejos desconsiderando totalmente as expectativas dos outros, do mundo. Autonomia é razão lúcida, equilíbrio, e pressupõe responsabilidade, maturidade, disposição para assumir seu destino. A razão emancipada nega a tutelagem e a subordinação. A razão esclarecida é a razão absoluta da autodeterminação.

E ter significado quer dizer estar conectado com uma atividade que faça sentido, que nos dê a certeza de que estamos no caminho certo, fazendo o que gostamos e que aquilo que fazemos torna o mundo melhor (…) Por que somos responsáveis por nossas escolhas – Eugenio Mussak

(…)Eu passo 15 dias na Bahia e 15 em São Paulo. Assim, me envolvo com muitas pessoas diferentes e procuro conversar com todos da forma mais atenciosa possível. Aprendi a dar valor às histórias dos outros, a ouvir com atenção. Não tenho mais tanta pressa, consigo me dar o luxo de doar meu tempo para, pelo menos, tentar fazer o dia do outro um pouco mais alegre(…) Projeto que incentiva a doação de gentilezas – Lígia Menezes

(…) A ansiedade é, sim, um dos males da modernidade. Não há pessoa que não relate que é acometida, eventualmente, por uma “crise de ansiedade”, caracterizada pela sensação de dúvida, incerteza, desconforto. A pessoa ansiosa gostaria de não estar onde está, ou pelo menos gostaria de não estar vivendo a situação que lhe causa ansiedade – mas, por outro lado, sabe que não tem como evitar. Todos somos ansiosos, em graus maiores ou menores.

E a causa mais comum de geração de ansiedade atualmente é, como vimos, a necessidade de fazermos escolhas. Sim, pois a cada escolha você tem que sofrer com as renúncias que ela acarreta. Essa é a tragédia da escolha. O imperativo do “ou”. Ou isto ou aquilo, os dois não dá, explica a vida – e a gente aceita com resignação. Escolher é trocar (…) A ansiedade das escolhas – Eugenio Mussak

site: Revista Vida Simples

Uma pena que a matéria sobre Motivação, da edição atual, não esteja disponível na web ainda. Muito, muito inspiradora. Daquelas pra ler e sair tomando pequenas atitudes.

6 comentários

  1. Oi Vivi!
    Essa revista é incrível mesmo! Tem conteúdo inteligente e é uma delícia de ler! Com a loucura que está o mundo hoje em dia é gostoso ler alguma coisa menos superficial e ver que na verdade a gente não precisa de tudo aquilo que acha que precisa. Ter é bom, é gostoso e faz parte da vida, mas ter plena consciência do que é realmente importante é bom tbm!
    Bjos!

    http://www.acasadepandora.com.br

    Vivi respondeu:

    @Ísis Favaretto,

    É a única revista que atualmente fico ansiosa pela chegada, quem diria! rsrsrs
    Bjo, queri 🙂

  2. Lila Czar disse:

    Vivi, eu gosto muito d eler essa revista. levanta meu astral!
    beijo
    Lila Czar

    Vivi respondeu:

    @Lila Czar,

    Verdade, Lila, dá uma desacelerada, a gente sai do foco beleza-produto-resenha. Adoro!
    Bjooo!

  3. Conheço essa revista desde que ela foi lançada. Ela é uma delícia de se ler, ainda mais em meio ao caos em que vivemos. É uma brisa fresquinha num dia quente de verão. Ótima dica, Vivi!

    Vivi respondeu:

    @Vanessa Cusumano,

    Demorei pra descobrir, mas agora adoro mesmo, Va. 🙂

    Bjooo!

Deixe um comentário :D