beleza

Maquiagem: Vivendo a Diferença

 

Quando a gente fala que a web é um mundo à parte, tem gente que acha que é exagero, mas basta sair da concha um pouquinho e as evidências estão ali, gritando.

Sábado passado participei de uma ação muito legal aqui em Jundiaí, o Camarim Natura Una, que foi montado no meio da principal praça da cidade, para o desfile Outono/Inverno 2012 organizado pela Associação Comercial.

Esse glamour todo era para qualquer mulher que estivesse interessada em dar um up no visual ali mesmo, conhecendo novos produtos e tirando dúvidas sobre maquiagem.

Gente, foi tão emociante!

A palavra é essa: EMOCIONANTE. Estou tão mergulhada nesse universo – e vocês também, que eu sei – que parece que todo mundo já tem pelo menos uma noção de tudo que rola sobre o assunto; a gente vive reclamando que é sempre mais do mesmo e que nada surpreende e bliblibli.

Então chega o momento em que estou frente à frente com pessoas cujas vidas não giram em torno de sombra opaca ou metalizada, cuja rotina mais sofisticada de beleza é lavar o rosto com aquele sabonete com hidratante e que carregam na bolsa um lápis preto e um batom rosa. Sempre bem rosa.

Parece que aquela experiência me puxou pro chão, sabem. Foi outra perspectiva.

Não, nem tudo já foi dito pra todo mundo.

Sim, existe MUITA gente interessada no que a gente tem pra oferecer, com humildade, gentileza e atenção.

Foi extremamente cansativo – imaginem a fila! – mas prazeroso de um modo que nem dá pra mensurar.

É indescritível ver o entusiasmo da mulherada quando elas vem o resultado de um makezinho rápido, com pincel, e um esfumadinho bacana. Aliás, essa alegria já começa no momento em que entram num lugar denominado “Camarim” e se sentam em uma cadeira para maquiagem. Pensem na experiência.

Quem viu de longe pode pensar que estávamos ali ensinando truques de maquiagem, mas a real é que o que aquelas mulheres absurdamente reais me fizeram relembrar não tem curso no mundo que ensine.

Sábado passado eu voltei a ser gente. Ou pelo menos achei o caminho de volta.

Do que as Mulheres Gostam?
Tendo estado ali, direto na fonte, não dá pra não falar daquilo que a mulherada anda amando em relação à maquiagem, claro!
Os mais pedidos foram:
– delineado gatinho
– delineado gatinho e
– delineador gatinho!

Sério, esse será O inverno do delineado gatinho, todo mundo quer. A queixa geral é que é difícil de aplicar. Correu solta a dica dos lápis retráteis delineadores e do delineador em pó, bem mais práticos pra quem está começando.

– cílios curvados e bem pretinhos

As minas piraram legal na máscara curvadora. A bem da verdade, por mais que não seja uma novidade, no mundo real as pessoas não entendem muito bem por que há tantas máscaras diferentes pra vender, já que imaginam que serve só pra colorir os cílios. Não, né. Aí a gente mostra o resultado e o sorrisão vai parar nas orelhas. Lindo.

– primer

Pra começar, é um ilustre desconhecido da maioria. Como assim, um produto que nem cor tem e vem antes da base? Bastava aplicar e mostrar no espelho pra ver a reação. Oleosidade, zero. Poros, escondidos. Pele, macia. Provocou risadinhas nervosas de auto admiração em muita gente.

– batom

Unanimidade, todo mundo AMA batom. Na minha cadeira promovi o princípio de uma pequena subversão: saía o batom rosa (sob protestos) e entrava o nude rosado ou o coral. O resultado, sempre muito elegante e sincero, ganhou aprovação e expressões admiradas como “se dependesse de mim eu nunca passaria um batom dessa cor, mas ficou lindo!”.
Meu apurado (e modesto) senso de harmonização de cores agradece…rsrs

13 comentários

  1. minnie disse:

    amada, concordo plenamente. E sei disso, até dentro de casa mesmo.Mas uma coisa n impede outra.A indústria está um marasmo sim.Pode e deve ter momentos como esse, até para angariar novas consumidoras,ou aumentar a cartela de produtos q se usa no dia dia eeeeeee novidades para animar as amigas q estão no vício.Eu quero é mais é q o mulherio entre no vicio de boca,se ame, se cuide , se sinta bem.Inclusive, passei a escrever em um blog,mesmo sem ser expert em nada, justamente para dividir as minhas descobertas-falta gente de pele negra blogando na minha opinião.Massssss ainda sim, acho q o mercado podia se aquecer mais ,com melhores preços-e n acho q é só imposto- and novis!

    Vivi respondeu:

    @minnie,
    Falei algumas vezes sobre isso no sábado, em como é difícil encontrar produtos pra pele negra nas marcas nacionais. Não é um absurdo em um país que consome quantidades inacreditáveis em cosméticos que simplesmente não façam?

    Essa iniciativa da Natura está acontecendo em vários eventos aqui em Jundiaí e o mais bacana é isso mesmo, ela atinge todas as mulheres, as que estão na praça no centro comercial até àquelas na festa fechada na butique. Todo mundo fica feliz e sai ganhando. 🙂

  2. Ai Vivi, é tão bom saber que existem mulheres assim no mundo…
    Que ficam encantada c/ sombras baratinhas e com o “mundo real” de make, que nem toda maquiagem pra ser boa precisa ser cara e humanamente impossível de comprar!
    ADOREI o post, eu vivencio mto isso.
    Eu adoro maquiagem, não sou mto viciada em comprar várias coisas, tenho batons MAC, e sombras fenzza (baratex), tenho base O Boticário e pó avon…
    O legal é sentir, e se valorizar, ADOREI o post, nem imagina o quanto!

    Abrs, Maria Regina

    Vivi respondeu:

    @Maria Regina P. Barros,

    Existem e são maioria, Rê. A gente é que fica com uma visão viciada das coisas, fazendo medida pelo que vivenciamos todos os dias, no nosso mundinho.

    Eu também gosto e uso de tudo, desde Fenzza – quem vai dizer que não é bem feita?! – até YSL. Acho que são raras as marcas que não tem nada de bom, ninguém entra no mercado pra perder, né? É que a gente entra numas de querer mais e mais e melhor e sempre e tudo, acaba não valorizando nada que tem.

    Obrigada, queri 🙂

    Beijoo!

  3. Isabella Rabello disse:

    Adorei a ideia da Natura e esse resgate à beleza de quem realmente consome beleza, de quem valoriza a compra de um batom e se maravilha diante de um “simples” batom nude. E sobre o primer, tem gente que se diz maquiadora e não sabe.

    Num curso da Renner, perguntei à professora/maquiadora sobre primer e ela falou que “se eu uso primer é pq uso maquiagem ruim, pq a maquiagem da marca dela é perfeita e não precisa de nada”. E eu “então pq ela tem um primer? E HD ainda?”. Fiquei sem resposta 🙁
    A pergunta iria ser sobre o primer HD da marca, da diferença do HD pro normal, mas nem continuei o papo.

    Enfim, adorei a ideia da Natura pra mostrar que beleza é sim, pra todas!

    Vivi respondeu:

    @Isabella Rabello,

    Até já sei que marca é essa do curso da Renner… kkkkkk Não sei o que é pior, Bella: a postura sem noção da maquiadora ou o fato da marca nem desconfiar que seus profissionais não conhecem seus produtos. Feio, né?

    Aprender o quê num curso assim? Super desanima.

    A Natura começou colocando as próprias consultoras no catálogos, lembra? Hoje ela mostra consultoras, funcionárias e consumidoras. Acho o máximo, super astral de blog!

  4. Nossa, que bacana essa experiência, Vivi! Senti a sua emoção por meio do post!! Adorei!
    É bem isso mesmo, a gente que ama maquiagem acha que não tem mais novidade, mas tem!! Ainda bem! E que gostoso que dá poder dar uma dica que levante o astral, o bom humor e a fé em si mesma de qualquer mulher!
    Bjoss

    http://www.acasadepandora.com.br

    Vivi respondeu:

    @Ísis Favaretto,

    A nossa cabeça fica fechada, precisamos arejar fora desse mundinho estreito, né, Isis?
    bjk!

  5. Lila Czar disse:

    Parabéns, Vivi, pro ter particiapdo dessa ação tão legal! E é sempre assim, viu? Quem sai beneficiado desse tipo de trabalho é a gente, que teoricamente, doou alguma coisa…
    Lila Czar

    Vivi respondeu:

    @Lila Czar,

    Verdade, Lila. Fui a trabalho e recebi vivência, do tipo que não se compra.
    Bjooo!

  6. E a manteigona aqui ficou emocionada só de ler o seu relato. Pq sabemos o quanto faz bem pra nós nos sentirmos bonitas, imagine pra quem não tem tanta oportunidade assim… Muito bacana Vivi! PArabéns!

    Vivi respondeu:

    @Letícia Azevedo de Souza,

    Exatamente isso, Lê! Se nós que estamos acostumadas com maquiagem ficamos entusiasmadas a cada batonzinho, imagina quem nunca tinha chegado perto de um pincel de base, receber atenção de modelo? Bjooo!

  7. Tânia Zago disse:

    Vivi,

    que lindo! Fiquei emocionada com o jeito que descreveu o evento, como tudo te
    tocou…Parabéns a todos envolvidos nesse belo projeto!

    Tânia Zago

Deixe um comentário :D