beleza

Usando Corretivos Coloridos

 

Desde que descobri o mundo fantástico dos truques de maquiagem, a categoria Corretivos se tornou uma das minhas preferidas, pelos resultados ridiculamente maravilhosos que eles proporcionam.

A gente passa trinta anos se conformando que a coloração da própria pele não é lá aquela beleza toda em comparação às divas da beleza para, de repente, descobrir que tudo é uma questão de luz, corretivo e ação. Todo um processo de renascimento da auto estima acontecendo.

Os corretivos coloridos são muito mais úteis do que você pode imaginar. Depois de assimilada a teoria de neutralização entre as cores, você vai ver que é bem fácil e rápido ficar todalinda, como as capas de revista – com a vantagem de dispensar o photoshop.

Quem tem olheiras bem acentuadas ou manchas de pele definidas pode camuflar essas regiões com mais facilidade usando cores, no lugar de apenas o corretivo cor da pele. Funciona basicamente assim:

Amarelo: ajuda a camuflar manchas com um fundo marrom e olheiras castanho/arroxeadas.

Salmão: ótima para hematomas azulados e manchas brancas (completamente despigmentadas) em pessoas de pele clara, alem de olheiras marrons em peles morenas.

Verde: usado em manchas vermelhas, típicas de irritação na pele rosada (blemish), acne e rosácea.

Roxo: funciona bem em olheiras amareladas e manchas acinzentadas. Homens costumam disfarçar com o roxo aquele tom de barba crescendo, para fins artísticos.

A Contém 1g foi uma das primeiras marcas nacionais a oferecer esses produtos – e é dela o Making Of Corretivo Líquido (R$54). O amarelo indispensável para as minhas olheiras, uso desde o lançamento. Agora são duas versões disponíveis, líquido e creme. Facilita a escolha de acordo com o clima e tipo de pele.

Hoje podemos encontrar várias opções além dessas, como Marcelo Beauty, Abelha Rainha, Catharine Hill e mais recentemente as Jillian Dempsey for Avon Professional Corrector Palettes (R$24), que comprei faz um tempo e não tinha experimentado ainda:

Também fazem muito sucesso na web as palettes Graftobian, Coastal Scents e da poderosíssima Kryolan. (aliás, se eu vivesse de imagem, investiria sem medo em corretivos Kryolan. Já tive uma palette da marca e era perfeita)

As palettes são legais porque trazem muitas cores, o que significa que cobrem uma variedade maior de probleminhas. E a gente ama uma Palette, néam.  Mas para quem já sabe que vai usar mesmo para uma situação específica (espinhas = verde; áreas arroxeadas = amarelo), vale a pena investir na cor isolada.

Texturas
Como todo produto de maquiagem, tem de um tudo no mundo! As versões mais populares são creme e líquido, mas também há pós corretivos.

Na hora de escolher o melhor é levar em conta o clima e seu tipo de pele. Eu particularmente me adaptei bem ao corretivo líquido. Foi bem com a pele mista e a possibilidade de marcar na área dos olhos é menor.

Os cremes tem cobertura maior, por isso mesmo requerem uma aplicação bem suave e atenção total para na acumular em cantinhos e lias de expressão, além de poros mais exibidos.

Seja como for, o resultado sempre tem uma certa transparência, já que a idéia é a de um filme colorido que se sobrepõe à cor da mancha, para que a coloração homogênea seja atingida com a base.

Aplicação
Como é um produto para camuflagem, deve ser aplicado rigorosamente sobre a área a ser escondida. Se você ultrapassar os limites da região onde a pele precisa ter a cor neutralizada, aumenta a chance de chamar atenção ao invés de apagar o problema.

Mas não tem segredo, não. É uma espinha? Corretivo verde sobre ela! Coloque o produto e dê batidinhas suaves até perceber que foi absorvido.

No caso de olheiras, a mesma coisa, com a diferença que a região atingida é maior. Coloque sempre um mínimo de produto e vá espalhando aos poucos, com batidinhas. Se for necessário, aplique mais uma camada finíssima.

A ordem da aplicação é sempre a mesma. Com a pele já limpa e seca aplique:

– corretivo colorido
– base
– retoque com corretivo cor de pele apenas se for necessário (confira na luz natural)

Hoje sei que a chamada “pele boa” na maquiagem é resultado de corretivo adequado + mão leve na aplicação + luz natural para checar.

Depois de passada a infância é essa a receita da pele com coloração homogênea. Vale treinar para pegar a prática e ficar linda no truque, rapidinho!

Falando em truque: não tem corretivo colorido? Nada tema!

Misture aos poucos pitadinhas de sombra opaca colorida ao seu corretivo normal, até conseguir pigmentar. Faça a misturinha em um pratinho separado, na hora de usar mesmo.

5 comentários

  1. Priscila disse:

    Vivi…eu uso o Amarelo da Tracta. Ele é bem grosso e cobre bem minhas olheiras roxas. A Tracta tem o verde que tb é ótimo mas, eles tinham um corretivo rosa, que era maravilhoso só que tiraram de linha. Bj

  2. Cris Marca disse:

    oi Vivi,

    blz?

    então eu tenho um Panda fiáááá

    tenho sim, e você me acompanha, será que esses corretivos disfarçam o Panda?

    sei não, tudo que eu uso so parece que chama mais a atençao pra ele.

    tinha que ter uma forma de voce mesmo fazer isso pra mim, esconder o Panda, kkkkk

    bjks

  3. Post bem legal, gostei de seu blog bem legal.

  4. Muito completo o post. Já havia lido algo por aí mas nada tão completo e prático como você fez. A minha maior referência até agora era um vídeo dessa moça que faz verdadeiros milagres na pele dela para cobrir as imperfeições. Não sei se você já conhece. Se não, veja aqui http://www.youtube.com/watch?v=YEOblnwXkAw&list=UUHj2_6e0Y2YdzHZDkkLa53Q&index=107&feature=plcp
    Bjs

  5. Helpful info. Fortunate me I found your web site by
    chance, and I’m stunned why this coincidence didn’t took place
    in advance! I bookmarked it.

Deixe um comentário :D