beleza

Guia do Protetor Solar Facial 2013/2014

 

Vamos lá, esse Guia foi planejado para que seja seu melhor amigo na hora de pensar na pele que você quer exibir em 2014 – e nos anos que vem pela frente! Vocês sabem que eu acredito – e procuro praticar sempre – a prevenção como melhor arma contra o envelhecimento precoce e forma de manter a pele saudável.

Com o verão se aproximando, os lançamentos já chegaram às prateleiras. Esse ano as novidades ficam por conta de texturas diferenciadas, por isso decidi focar o Guia nos Protetores Faciais, dado o crescimento na oferta de opções de proteção aliada à cor, para o rosto.

Com raras exceções, nós brasileiras sofremos com as variações de (altas) temperaturas em conjunto com nossa pele que frequentemente se apresenta mista/oleosa. Uma combinação que dificulta que o protetor solar faça parte da rotina de cuidados básicos diários de grande parte das mulheres, com a justificativa de que, depois de um tempo, tudo derrete.

Pensando nisso, a indústria tem se esmerado em desenvolver produtos exclusivos para nossas condições climáticas, capazes de se adaptar com mais facilidade à pele da brasileira, de um modo geral. Assim, mesmo que você já tenha experimentado anteriormente um protetor em Gel, dê uma nova chance. Ele provavelmente não é mais o mesmo. Já tentou uma loção e não deu certo? Revisite, ela pode ter melhorado muito. 2013 foi um ano de grandes e positivas mudanças nesse sentido. Com a multiplicação dos produtos em oferta, é gritante a melhora nas formulações e, viva!, nos preços, que se mostram bem mais realistas em alguns casos – na minha opinião ainda não são acessíveis o suficiente, mas já se vislumbra uma melhora. Concorrência é tudo no mercado e caminhamos para dias melhores.

Definições importantes:
Raios UV:

Raio UVB – atinge a pele superficialmente, causando vermelhidão e queimaduras. Sua intensidade varia de acordo com a estação do ano e a altitude do local em que nos encontramos geograficamente.

Raio UVA – atinge camadas mais profundas da pele. É o responsável pelo envelhecimento precoce, manchas e câncer de pele.

Fator de Proteção Solar

O FPS é a nomenclatura padrão utilizada para medir os raios UVB. Portanto, o índice de FPS determina o quanto uma pessoa está protegida de queimaduras solares decorrentes de exposição à radiação.

A proteção contra os raios UVA tem como parâmetro a medida PPD e não há obrigatoriedade de divulgação dessa informação na legislação de muitos países. No Brasil, alguns fabricantes divulgam, outros, não.

O melhor é sempre escolher um protetor solar de amplo espectro, que garanta proteção contra os dois tipos de radiação.

Precisa usar protetor todo dia, na rua, na chuva, na fazenda ou numa casinha de sapê?

Siiim! Vários estudos já publicados mostraram que algumas superfícies refletem luz solar (ou artificial) e potencializam a ação da radiação. Vejam que roubada:

  • neve (85%);
  • áreas planas pintadas de branco ou superfícies asfaltadas (70%)
  • areia branca (25%)

Além disso, já sabíamos que a água também permite a entrada e reflexão dos raios, assim como roupas claras e tecidos de “trama larga” ou furadinhos.

O dia está nublado? Não se engane! Mesmo no chamado “mormaço” a incidência dos raios pode chegar a 80%. Se você não estiver minimamente protegida, é dano na certa.

Isso sem contar a ação de outras fontes de luz, como lâmpadas e telas de computador. O protetor solar deve ser aplicado em todas as áreas expostas à radiação.

Quais as texturas disponíveis atualmente?
Aerosol, creme, spray, gel, loção, mousse e pó.

Qual a quantidade ideal?
Especialistas da Sociedade Brasileira de Dermatologia sugerem que para a face, seja utilizada, no mínimo, uma colher de chá rasa de produto. Para exposição solar do corpo todo (praia, piscina), a quantidade é de aproximadamente 3 colheres de sopa, com reaplicação a cada 2 horas ou sempre que houver mergulho ou excesso de suor.

Essa imagem foi feita usando uma medida-padrão (dessas de cozinha) e um Protetor Solar em Loção. A quantidade foi suficiente para que eu aplica-se no colo, pescoço e rosto. Sobrou um pouco. Isso mostra que, apesar de ser uma indicação padronizada, ela precisa ser adaptada a nossa constituição física. Algumas pessoas vão usar pouco mais, outras pouco menos. Só não dá para pensar em economizar produto, porque aí a proteção sai prejudicada. Se você aplicar uma quantidade inferior àquela necessária para cobrir toda a superfície exposta da sua pele, o FPS escolhido diminui. Aplicou FPS 60, mas não cobriu tudo, baixou para 30 ou menos. E assim por diante.

Se a escolha for uma Base com FPS, a garantia da proteção recai na reaplicação do produto em intervalos de 3 a 4 horas. Ou seja, pelo menos uma vez no trabalho você deve reaplicar no rosto todo.

Protetor com Cor de Base X Base com Fator de Proteção Solar
O mais recente dilema de balcão: escolher uma base com proteção ou um protetor com cor de base? Apesar da questão já ter virado tema inclusive de filme publicitário, não existe uma verdade absoluta a respeito de que produto é superior. O que existem são necessidades individuais, que devem ser examinadas na hora de escolher o produto que VOCÊ vai usar, de acordo com a ocasião (trabalho, cotidiano, passeio).

Proteção diante da radiação UV: tanto o Protetor com Cor de Base quanto a Base com FPS proporcionam proteção de amplo espectro, graças aos minerais presentes nos pigmentos que, além de dar cor, não permitem a absorção os raios UV. A diferença é que o Protetor com Cor de Base bloqueia raios UVA, UVB e luz visível, enquanto a Base com FPS protege apenas contra UVB (os mais nocivos, qua causam danos ao DNA das células) e luz visível.

Há muitos aspectos a se considerar aqui. O primeiro deles é que se a opção for pela Base com FPS, ela precisa ter no mínimo FPS 30 para atuar como protetora. Aquela máxima que diz que pouca proteção é melhor do que nenhuma está mais para uma desculpa do tipo muleta do que para uma justificativa palpável. FPS menor do que 30 nem deveria estar disponível, se formos avaliar sob a ótica da prevenção ao dano celular.

Ao usar a Base com FPS você precisa se certificar se realmente cobriu toda a área do rosto, colo e pescoço. Como a cobertura da base é maior do que um protetor, corremos o risco de fazer mão leve na aplicação com medo do resultado ‘cara de reboco’. Um medo bem fundamentado, diga-se de passagem. Mas se a aplicação for correta, nada tema. Você pode reforçar a proteção, a cada 3 ou 4 horas, com um protetor em pó, por exemplo, para não pesar.

Já o Protetor com Cor de Base é levemente colorido, tanto que são procurados atualmente também pelos homens, que encontraram neles um potente aliado. Enquanto alguns apresentam opções de cor para melhor adaptação ao tom natural da pele, outros oferecem apenas um tom universal, que se funde, sem mascarar de fato. Como tem a cobertura de cor mais leve, podem ser reaplicados tranquilamente.

Dá para confiar na Base com FPS30 (inclua aqui também os primers e BB Creams) como protetores? Aí estamos nas mãos das normas que regem a regulamentação de produtos no nosso país. Se ele está registrado e aprovado, vendido livremente na prateleira, anunciando sua capacidade de proteção e exibindo FPS 30 ou superior, pode estar na categoria dos Protetores e a nós cabe seguir as instruções de uso (aplicação e reaplicação) e esperar pelo melhor.

Não quer arriscar sua proteção? Não há problema nenhum em usar Base com FPS + Protetor Solar. As exceções são alergias individuais que não há como prever. Vale também procurar pelas texturas que mais se adaptem ao uso concomitante. Quanto mais leve, melhor. Sem esquecer que o FPS deve ser aplicado sobre o rosto limpo e seco.

Seu protetor Solar oferece outros benefícios, como hidratação ou controle de oleosidade? Não custa tentar. O importante é sempre observar a reação da sua pele. Se o produto multi funcional (como os BB Creams) forem suficientes para proporcionar o que você precisa, nada impede que você opte por eles, desde que observando as instruções de uso (no caso, a reaplicação para manter o FPS).

LANÇAMENTOS


Episol SEC FPS 60, Mantecorp: tecnologia Très Sec, composta por micropartículas capazes de encapsular e absorver a gordura presente na pele, proporcionando imediatamente um toque seco, efeito antibrilho e sensação de suavidade, sem aspecto branco ou pastoso. Formulado com um conjunto de filtros químicos e físicos, oferece alta proteção contra os efeitos dos raios UVA e UVB, prevenindo o envelhecimento da pele e protegendo das queimaduras solares. A formulação ainda contém os Complexos F, A, C,E – conjunto de vitaminas antioxidantes, que neutralizam os radicais livres gerados pela radiação solar e prevenindo os males causados pelo sol. O fotoprotetor não possui fragrância e tem composição hipoalergência e comedogênica (não obstrui os poros), oferecendo menor risco de alergias ou irritações cutâneas, além de não provocar cravos. É à prova d’àgua, o que permite uma imersão de até 80 minutos sem perda de proteção e é indicado para uso diário e para todos os tipos de pele, especialmente, as extremamente sensíveis ao sol. A linha Episol SEC conta ainda com as versões FPS 30 e FPS 45. (R$ 76,00)

Episol Color, Mantecorp: fotoprotetores com base corretiva em três diferentes tonalidades (pele clara, pele morena e pele morena mais) que promovem alta proteção contra os raios UVA, UVB e luz visível. A linha é indicada para todos os tipos de pele, inclusive as sensíveis e oleosas, e nos pós-procedimentos estéticos, pois são hipoalergênicos e podem ser utilizados diariamente. Todas tem efeito não comedogênico, ou seja, não obstrui os poros, por isso, não provoca cravos e espinhas. (R$ 60,00)

Anthelios AE Serum FPS 30, La Roche-Posay: protetor solar com ação antienvelhecimento reforçada em uma textura sérum com toque imperceptível. Sua textura sérum aquosa, possibilita rápida absorção e toque imperceptível na pele. Após a aplicação, a pele torna-se imediatamente fresca, hidratada e protegida, graças a um acabamento leve, que deixa a pele sem brilho ou manchas brancas. Sua ação antienvelhecimento vem da fórmula com uma exclusiva combinação de ácido hialurônico fragmentado, conhecido por penetrar mais profundamente na pele, deixando-a mais hidratada e uniforme. Além disso, possui um complexo antioxidante com Vitamina E. e água termal de La Roche-Posay, que age contra os radicais livres. E a alta proteção UVB/UVA com FPS30 e PPD17, que ajuda a prevenir os sinais de envelhecimento induzidos pela radiação UV. (R$69,90)

Anthelios Couvrant FPS 60/PPD29, La Roche-Posay: máxima proteção com a alta cobertura de base. Une muito alta proteção contra os raios UVB/UVA (FPS 60 PPD 29) a uma textura creme de alta cobertura, podendo substituir a base de maquiagem diária, uma vez que o fotoprotetor é o primeiro da marca disponível em duas cores: 01 (para peles claras) e 02 (para peles médias). Sua ação proporciona um efeito natural e homogêneo, com alto nível de opacidade, promovendo a cobertura imediata das imperfeições da pele. Outra novidade está na sua capacidade de filtrar a luz visível, aquela que é perceptível aos olhos humanos, como exemplos a luz de lâmpadas fluorescentes, que geralmente iluminam ambientes internos, a luz do computador e a claridade que entra pela janela. (R$69,90)

Capital Soleil BB Aera-mousse FPS 30, Vichy: textura que reúne cinco benefícios: matifica, suaviza, unifica o tom e as irregularidades da pele e ilumina, além de garantir a proteção UVA/UVB com a qualidade e a segurança dos protetores solares Vichy. A embalagem pump libera a espuma aerada na quantidade ideal para rosto e colo. Além disso, possui cor de base “ultra leve”, indicada para todos os tons de pele. Sua fórmula conserva as características do fotoprotetor tradicional, com micropartículas de Sílica, ativo contra a oleosidade, e o exclusivo sistema de filtros Vichy contra os raios UVA e UVB, que associa filtros químicos (que absorvem e transformam os raios UV em raios de menor energia) e físicos (que refletem os raios UV). (R$ 69,90)

Capital Soleil Toque Seco Com Cor FPS 50, Vichy: fórmula que conserva as características do já consagrado Capital Soleil Toque Seco, desenvolvido especialmente para o Brasil. Com micropartículas ultra secantes de sílica, a fórmula controla a oleosidade e ainda proporciona absorção imediata, com textura seca e ação antibrilho duradoura. Possui também exclusivo sistema de filtros Vichy contra os raios UVA e UVB, que associa filtros químicos (que absorvem e transformam os raios UV em raios de menor energia) e físicos (que refletem os raios UV): Mexoryl XL/SX (patenteada pela L’Oréal, que previne queimaduras solares e o envelhecimento prematuro causado pelo sol, como manchas e rugas); Parsol 1789 (filtro UVA longo);Tinosorb S (filtro UVA e UVB – altamente eficiente com propriedades de filtro físico e químico e tripla ação: absorção, reflexão e difração da luz) e Dióxido de titânio (filtro físico com proteção UVA e UVB). É absorvido rapidamente, sem deixar resíduos. Sua textura uniformiza o tom da pele e ajuda a disfarçar irregularidades. Possui água termal de Vichy, não tem parabenos, é resistente à água. (R$ 59,90)

Protetor Solar Pó Compacto FPS 50, Moderm: multifuncional, que oferece, de uma só vez, ultraproteção contra os raios solares UVB/UVA, tratamento anti-idade, além dos benefícios de um pó compacto tradicional: efeitos tonalizante, antibrilho e acabamento mate. Possui uma combinação eficaz de Vitamina E, que atua como reforço no combate aos radicais livres, com a incrível tecnologia Soft Focus – microesferas que refletem a luz de forma uniforme, disfarçando rugas finas e possíveis imperfeições na pele. Ele também ajuda a controlar e reduzir o brilho ao longo do dia e está disponível em duas tonalidades: bege claro e bege médio. Hipoalergênico, não comedogênico, livre de parabenos e indicado para todos os tipos de pele. Sua embalagem é prática, ideal para ser levada na bolsa, e inclui um espelho, que facilita a aplicação. (R$ 64,90)

Actine Protetor Solar Hidratante FPS 30, Darrow: protetor solar facial com FPS 30 oil free com ação hidratante para peles oleosas e/ou acneicas. Sua fórmula (com zinco, glicerina e polímeros matificantes) oferece proteção diária contra os raios solares associada a ativos que hidratam e controlam a oleosidade da pele. Com textura fluída e não-oleosa ele é absorvido rapidamente na pele. (R$40)

Minesol Actif Unify Fps80, RoC: oferece proteção muito alta contra efeitos nocivos do raios UVA e UVB e ajuda a uniformizar a tonalidade da pele. Sua fórmula exclusiva possui um perfeito equilíbrio de filtros fotoestáveis que garantem a proteção contra queimaduras solares e envelhecimento prematuro da pele, além de possui Tecnologia Soya reconhecida por ajudar na uniformização da tonalidade da pele. Com fórmula oill freee com toque-seco e sem fragrância, se adequa a todos os tipos de pele. (R$70)

Emulsão Toque Seco Color FPS 30, Avène: desenvolvido exclusivamente para a pele brasileira, possui um exclusivo complexo fotoprotetor, que possui o menos número de filtros químicos e oferece alta fotoproteção e fotoestabilidade, maior tolerância para as peles mistas e oleosas, até mesmo sensíveis. Multibenefícios, ajuda a controlar a oleosidade e oferece textura antibrilho, além de possuir cor de base única, que se adapta a todos os tons de pele, ajudando a camuflar imperfeições e uniformizar o tom da pele. Sua fórmula contém complexo de filtros fotoestáveis e de amplo espectro anti-UVB, UVA curto e longo;Pré-Tocoferil: potente antioxidante que combate os radicais livres, previne o envelhecimento da pele e o aparecimento de manchas solares;Água Termal de Avène: ingrediente ativo com ação calmante, anti-irritante e antioxidante;Gliceril Laurato: Ativo que age nas três causas da acne. Regula a produção de sebo, inibe a multiplicação dos sebócitos e ação antibacteriana. (R$65)

Hidratante Tonalizante Protetor Diário para o Rosto FPS 30 Chronos Hydra, Natura: uniformiza o tom da pele, disfarçando imperfeições como poros e olheiras. Promove hidratação por 24 horas e alta proteção solar, além de proteger contra o envelhecimento precoce, a ação dos radicais livres e as agressões do dia-a-dia. Uniformiza o tom da pele. Hidratação 24 horas. Proteção solar UVA (PPD maior que 1/3) e UVB (FPS 30). Prevenção do envelhecimento precoce. Proteção contra as agressões do dia-a-dia. Ação antioxidante. (R$39,80)

Expertise Invisilight FPS 30 Sérum, L’óreal: com textura serum levíssima, de absorção imediata, sua fórmula possui filtro solar Mexoryl XL de altíssima eficácia, patente dos laborátorios L’oréal que entrega proteção contra os raios UVA/UVB, prevenindo o envelhecimento solar (rugas e manchas solares). Absorção imediata, resultado invisível. Oil free. (R$ 41,90)

BB Base Multi Benefício Natura Una, Natura: hidratante, contém FPS 30, ajuda a controlar a oleosidade e também tem ingredientes de tratamento em sua fórmula. O composto CAO tem licopeno extraído do tomate, extrato de café verde e vitamina E. Sua carga de antioxidantes atua prevenindo o envelhecimento precoce. Contém ainda Elastinol +R, outro ativo de tratamento, que age melhorando a firmeza e elasticidade da pele, além de manter a hidratação ao longo do dia. (R$55)

Hidra Sun Progress FPS 35 BB Cream, Buona Vita: Protetor Solar FPS 35 e PA +++; Sua fórmula contém: Ácido hialurônico, que confere aspecto aveludado, macio e promove hidratação à pele, que também atua como agente filmógeno; Manteiga de Cupuaçu: emoliente com ótima capacidade de promover a hidratação cutânea; Fitosteróis que agem na reposição lipídica do estrato córneo, diminuindo a perda transepidérmica de água por atuar no equilíbrio hídrico, facilitando a regeneração do tecido; Aloe Vera, dermoprotetor, hidratante, tônico, umectante, emoliante, anti-inflamatório, refrescante, calmante e regenerador de tecido; Beauplex VH (vitaminas E, B3, B5, B6, C), composição balanceada de várias vitaminas, proporcionando atividade biológica ideal à pele. Nutre, hidrata e fortalece a pele, ao mesmo tempo em que energiza e ativa as células. Oferece proteção contra o envelhecimento precoce; Extrato Glicólico de Camomila, antisséptico, anti-inflamatório, antioxidante, cicatrizante, refrescante, suavizante, protetor solar.

Protetor Solar SPF 30 Natural Sunscreen, bareMinerals: protetor solar em pó mineral solto, especialmente formulado para proporcionar uma sensação confortável na pele. Age contra os efeitos nocivos dos raios UVA/UVB, ajudando a prevenir o envelhecimento precoce da pele e os danos causados pelo sol. Sua levíssima fórmula em pó não é oleosa e evita a obstrução dos poros.

Helioral® Fotoprotetor em Cápsulas, Melora: coadjuvante via oral para proteção da pele. composto pelo extrato de Polypodium leucotomos, da família Polypodiaceae, proveniente de uma planta tropical cultivada na América Central e do Sul. Estudos mostram que o extrato de Polypodium leucotomos exerce atividade anti-inflamatória (combate inflamações), diminui os efeitos negativos dos raios UV, aumentando a tolerância da pele ao sol, reforçando as defesas cutâneas contra os raios ultravioleta e evitando a formação de radicais livres que causam o envelhecimento precoce. Também diminui a perda de água pela derme e é indicado a pessoas com manchas resistentes no rosto (melasma). Atenção: seu uso não substitui a aplicação de protetor solar. (R$80)

Veja também: Dossiê do Protetor Solar 2012

Só a título de comparação, peguei todos os Protetores com Cor que tinha aqui em casa pra vocês terem ideia de que funciona bem diferente de uma base. Olhando para a primeira imagem, é difícil dizer que ALGUM deles vai dar certo na pele, além de serem completamente diferentes uns dos outros.

Na segunda foto, já secos, a surpresa: a bem da verdade só o Episol Color ficou destacado demais, muito escuro (não tinha tester na farmácia, dancei). Os outros, de uma forma geral, se misturaram à pele. Isso no braço, que é mais homogêneo, no rosto, com sardas e manchinhas, fica bem melhor.

22 comentários

  1. Excelente post! Eu ainda fico com o combo, mas confesso que às vezes acho muita coisa: tônico + hidratante + protetor solar (pausa para secar) + primer + base + corretivo + pó + restante da maquiagem. A ideia de trocar 3 passos por 1 é interessante, rs

    Vivi respondeu:

    Olha, amiga, eu ultimamente tenho trocado, viu, sem medo de ser feliz rsrsrs Só não tenho como fugir do corretivo 😀

  2. disse:

    Vivi, tenho pele mista, beeeeem oleosa em algumas regiões. Dos protetores com cor, qual é o mais sequinho ou pelo menos o que meleca menos?
    Já deixei 2 com a minha mãe, que é menos exigente e tem a pele seca e no momento to sem nenhum, pq a grana tá curta e não queria desperdiçar grana com outro melecado… Seria MTO bom acertar agora! rs!

    Vivi respondeu:

    Oi, Rô! Olha, eu arrisco dizer que entre esses que tenho é o Vichy! Digo arrisco porque depois de absorvidos todos eles ficam bons, é que na aplicação alguns são mais cremosos, mesmo. Ah, e eu não tenho o Mousse Vichy, seria bom se você pudesse comparar os dois. Pelas informações esse que eu tenho tem cobertura maior de cor em relação à mousse; a vantagem dela é apenas que seca mais rápido. 😉

  3. Ah Vivi, que dilema a escolha do protetor solar, hein? Eu tenho a pele SUPER oleosa, e olha que cuido muito dela, da alimentação, e encontrar um protetor solar que realmente funcione na minha pele é desanimador e caro, muito caro. O último que comprei, o Capital Soleil, da Vichy, com cor, foi uma decepção. Decidi comentar porque sou um exemplar de pele SUPER oleosa e depois de semanas usando posso enfim dizer que ele não funciona tão bem em peles como a minha. Até deixei de usar o hidratante antes dele para ver se o aspecto melhorava e nada mudou.
    Logo após aplicá-lo ele fica bem brilhante na pele. Não como um protetor solar "comum" ficaria, mas ainda sim, mais brilhante do que seria confortável à vista. Não é aquele brilho de pele saudável sabe? É de oleosidade mesmo. E isso não melhora com o tempo. Uso pó matificante, lencinhos anti brilho e se eu for reaplicar o pó cada vez que a pele volta a brilhar, diria que reaplicaria de hora em hora. Mas como meu trabalho me envolve muito, só consigo reaplicar ambos (protetor e pó) no intervalo do almoço, ou seja, o resultado é pele brilhante e oleosa o dia inteirinho.
    Li por aí (memória falhou) que o Capital Soleil sem cor seria mais eficiente, será que a informação procede? Estou receosa de testar a versão sem cor, e pôr mais dinheiro fora. O BB Cream da Natura deixa a pele – no quesito oleosidade – bem melhor que o Capital Soleil, mesmo não sendo aquilo tudo, a pele fica com aspecto inicial mais sequinho e isso dura um tanto mais…
    Beijos, adorei o post!

  4. Vivi Alberto disse:

    Denny! Achei que eu era a única pessoa que não tinha se entendido com o protetor da Vichy, toque seco! No caso, aquele SEM COR. Tive exatamente a mesma sensação que você, de uma película densa sobre a pele. Em mim não funciona!
    Esse do post de hoje é recém lançado, tenta experimentar em uma farmácia grande. Achei bem diferente, tanto que comprei, não foi press kit.
    Olha, pra pele muito oleosa, acho que o protetor Skinceuticals é imbatível, mas o preço, pra quem usa direto, inviabiliza, infelizmente. O que eu estava usando há bastante tempo, antes de migrar pro BB Cream, era o Minesol OC, da RoC. Mas tinha que ser o OC, o outro, amarelinho, já derrete.
    Outro muito bom também é o Profuse. Esses dois tem preço mais acessível e funcionam bem na minha pele, que atualmente é mista.
    Bju!

  5. Vivi Alberto Quem sabe o aera-mousse possa ser melhor então, o Capital Soleil do post, em creme, toque seco, com cor, é o que eu tenho, comprei assim que saiu. Vou procurar estes que tu me sugeriu, obrigada Vivi!
    Beijão!

  6. Denny Baptista Eu tbm não me dei com a fórmula da Vichy especialmente pra pele brasileira, blábláblá. Pele oleosa e grudenta o dia todo.
    E troco de protetor a cada 2 ou 3 meses, mas nunca encontrei um protetor que não deixasse meu rosto seco, sem ficar grudento ou branco que nem uma folha de papel ://

  7. Ana Zilio disse:

    Eu usava o Capital Soleil PS 50 da Vichy, e achava ok pq ele não tem cheiro típico de protetor, mas quando acabou recentemente comprei o Episol SEC FPS 60, pq vem o dobro de produto e custa uns R$10 mais. Gosto de ambos, mas nenhum deles deixa a pele seca como diz, resiste por umas 2 ou 3 horas, mas é só.

    Vivi respondeu:

    Em matéria de não deixar oleoso, pra mim imbatível mesmo, até agora, só o RoC OC, Ana. Pena que não tem cor…

  8. Paula disse:

    Adorei o post! Eu sou uma viciada em protetor solar. Por mim compraria todos pra testar hehehe Mas por enquanto uso o da Vichy. Muito bom.

    Vivi respondeu:

    @Paula,
    hahahaha vc é das minhas, Paula! Sem cor o meu preferido ainda é o RoC, no calor 🙂

  9. Isabella Rabello disse:

    Que post super completo, Vivi! Eu amo BB Cream no dia-a-dia, mas só consigo confiar no fator de proteção dos orientais, pq se faz sucesso lá mesmo com o perfeccionismo deles, é pq é bom mesmo. O que mais amei e recomprei foi o Missha Perfect Cover, que tem FPS 42 e PA+++. Sinto que ele realmente protege, além da cor se adaptar super rápido na minha pele.

    Porém, como tem que reaplicar e ficar reaplicando isso ia virar uma meleca só, opto sempre pelos protetores em pó. Amo os orientais tb, mas ultimamente testei esse que vc citou da Bare Minerals (bom, mas achei que vem pouco, já que temos que reaplicar uma boa camada) e agora uso o da Dermage, que é em pó compacto. Ainda prefiro os em pó solto, mas tô gostando bem desse da Dermage, porém sinto que vai acabar muito rápido tb.

    Não consigo confiar na proteção de quem fala que o protetor dela dura 6 meses, aplicando todo dia. Se aplicar a quantidade correta, é impossível que dure assim. Pra proteger é assim mesmo, tem que aplicar bem! Acaba rápido, é caro, mas essa é a dura vida de quem se preocupa com sua pele.

    Vivi respondeu:

    Imagina, 6 meses hahahahaha dura 1 mês, mês e meio e olha lá…
    Ajuda muito o protetor em pó, né? Eu também sou viciada, porque não carrega e ajuda muito na luz visível, tipo a do computador.
    E vou falar, protetor é um dos meus maiores gastos anuais, sem brincadeira. É muito caro. Acho um absurdo que o Ministério da Saúde não tenha interferido nisso ainda :/

  10. Rachel disse:

    Olá Vivi, adorei essa matéria. Está excelente. Vou indicar seu site para minhas alunas. Parabéns!!

    Vivi respondeu:

    Ai, que delícia de elogio! Obrigada, querida <3

  11. boa noite, parabéns pelo post!! Me responde uma pergunta referente ao anthelios couvrant só existe esse tom? eu não preciso escolher outra cor mais próxima da minha cor de pele? obrigada desde já bjs

    Vivi respondeu:

    Oi, Rafa!
    Ele está disponível em duas cores 😉

  12. KATIA MARIA VIEIRA disse:

    ESTOU A FIM DE COMPRAR O EPISOL COLOR. NO MOMENTO ESTOU USANDO O MINESOL, VC ACHA QUE VOU ACHAR MUITA DIFERENÇA NA TESTURA VIVI?

    Vivi respondeu:

    Na minha pele o Minesol OC é o mais sequinho de todos. Sua pele é mista? Os 2 são ótimos protetores, é questão de adaptar a textura mesmo

  13. Adriane disse:

    Post Fantástico

  14. Raissa Vieira disse:

    Obrigada pelo post, fui a algumas farmácias com manipulação a procura de um protetor livre de parabenos pqsou alérgica a ele. E não encontrei . seu poste me ajudou a encontra lá.^^

Deixe um comentário :D