beleza

Jimmy Choo, o Perfume

 

O primeiro Jimmy Choo a gente nunca esquece. Principalmente se, assim como eu, seu primeiro contato com um autêntico Jimmy Choo foi através do primeiro perfume que levou sua assinatura… Será mesmo muito difícil esquecer.

O designer, criador dos sapatos idolatrados por fashionistas ao redor do planeta – e eternizados no fabuloso closet de Carrie Bradshaw, em Sex and the City – teve intuição de sobra para transformar todo seu apelo sexy e arrebatador na criação de sua primeira fragrância. Tanto é assim que a batizou simplesmente Jimmy Choo, o que já diz mais do que suficiente a respeito de seu poder de sedução.

Verdade seja dita, para a construção da fragrância, Jimmy Choo entrou com sua expertise em injetar sensualidade em todo e qualquer projeto voltado ao público feminino, enquanto o renomado mestre perfumista Olivier Polge deu sua contribuição prática no momento de construir o perfume. É como se o designer dissesse “quero uma poção sedutora que esteja à altura das deusas que saltitam por aí com meus sapatos” e em seguida o perfumista despejasse toda sorte de acordes de sedução num só frasquinho. Estava feito o encanto.

Uma fragrância da família chipre (resinado), reconhecidamente opulenta, Jimmy Choo (Eau de Parfum) eleva essa característica a um novo patamar, localizado em pleno século XXI e reinventado para a modernidade com sutis e necessárias notas frutais (laranja e néctar de pera), que semeiam suavidade.

Jimmy Choo (Eau de Parfum) tem uma força que não repele. Ao contrário disso, magnetiza e envolve. A saída de notas verdes é um convite irrecusável que nos encaminha para o coração floral de orquídea tigre; até que estejamos completamente encarceradas (e sem pedir pra sair! rs) da base formada por caramelo toffee e patchouli da Indonésia.

Jimmy Choo (Eau de Parfum) é para aquele seu momento mulherão. Ele exala confiança e luxo, não dá espaço para timidez ou meias palavras. Nada de talvez, apenas sim.

O frasco em si, uma pequena obra de arte inspirada nos cristais Murano, foi criado por Tamara Mellon, ex-modelo e bem sucedida diretora criativa – além de co-proprietária – da marca Jimmy Choo. Não conhece a moça? Dê uma olhada na imagem abaixo. Já que estamos falando seriamente aqui sobre autoconfiança e e sedução, a própria protagoniza a campanha do perfume. E se isso, não é poder, amigas, então não sei o que é… 😉

Experimentação: Jimmy Choo (Eau de Parfum) foi enviado pela Época Cosméticos Perfumaria.
Essa resenha é de minha autoria e reflete minha opinião – e devaneios – de caráter pessoal. O link acima não faz parte de programa de Afiliados nem concede comissão por vendas, servindo apenas ao leitor para fins de informação sobre opções disponíveis e preço do produto.

3 comentários

  1. Marilia Alves disse:

    Menina mas eu tenho um tesão por esse perfume, se vc soubesse, e só de ler tua resenha fiquei mais ainda.

  2. ❀•*♥*.•very good indeed and seductive•.♫.•´*`❀•*♥

  3. ❀•*♥*.•very good indeed and seductive•.♫.•´*`❀•*♥

Deixe um comentário :D