Comidinhas

Bolo de Especiarias Sem Glúten, Açúcar e Lactose #meumundoverdejundiai

 

Primeiro deixa eu explicar a novidade dessa tag, a #meumundoverde. Como grande parte de vocês já sabe, moro em Jundiaí e partiu da loja Mundo Verde daqui a iniciativa de fazer uma série de ações – nem sempre publicitárias, algumas são experimentações (caso desse post), outras são eventos – com vários blogs da cidade. A ideia com esse tipo de divulgação, de uma forma geral, é aproximar o ambiente, a experiência Mundo Verde, de um número maior de pessoas, mostrando sob outros pontos de vista a imensa variedade de opções que existem na loja e que vão bem além do natureba’s way of life. Porque, né, eu estou longe de ser natureba ou fitness, mas gosto de coisas gostosas e já era cliente Mundo Verde antes de qualquer ação.

Adorei e aceitei a proposta, então de tempos em tempos vocês verão por aqui (ou na fan page ou Instagram) várias experiências minhas com novos produtos. Podem ser receitas, ou algum lanchinho diferente, mil coisas, o que pintar de legal e que eu considere a cara do blog, certamente dividirei com vocês.

Por exemplo, olha que fofura a Feirinha Orgânica que acontecia durante uma das nossas reuniões:

01

E no almoço, um ‘transtorno’, experimentar uma lasanha de berinjela desse nível:

02

Faz já algum tempo que estávamos conversando pra tentar formatar algo que eu me sentisse a vontade de fazer, que não parecesse engessado nem simplesmente pura exposição de produtos. Porque, né, de blog a gente sempre espera alguma coisa mais pessoal. Pra encontrar esse modelo considerei o seguinte: há um ano e meio eu tirei o glúten e a lactose da minha vida. Não sou celíaca, mas descobri a intolerância ao glúten em exames que estava fazendo pra investigar outras coisas. Como o sacrifício é grande para mudar a dieta, aproveitei a ocasião e cortei também a lactose, que na verdade me incomodava muito mais (gastricamente falando). Pra resumir a história: primeiro eliminei tudo, melhorei bastante e hoje me permito abrir exceções quando estou com vontade de comer alguma coisa, mas em geral minha alimentação foge do glúten, da lactose e dos carboidratos simples – açúcar simples eu quase já não comia mesmo.

Pra isso passei a preparar, eu mesma, 90% de todas as minhas refeições. É trabalhoso, mas é o único jeito de saber de verdade a composição do que você está comendo. Hoje posso dizer pra vocês que quando dou minhas escapadas ( meu Insta não me deixa mentir…) sou feliz naquele momento, mas tenho consciência de que a barriga vai chiar (literalmente), depois. Mas o que é de gosto regala a vida, né? rsrs

Daí que aprendi várias receitinhas bacanas nesse um ano e meio. Grande parte delas sem glúten, sem lactose e sem açúcar e, sempre que possível, com baixo teor de carbs simples também (digo sempre que possível porque muitas receitas sem glúten usam amidos e eu os evito ao máximo).

O que eu queria deixar claro é o seguinte: não estou alardeando uma dieta. Vou dividir com vocês minhas experiências com os produtos, provavelmente fazendo uso deles em minhas próprias receitas e dando dicas sobre as dores e delícias de cozinhar de modo diferente do tradicional – porque o mundo é regido por farinha de trigo, amigas, eu não tinha a menor ideia…

Pra começar, uma receitinha de bolo que, se você não contar, ninguém diz que é livre de glúten, lactose e açúcar. Olha que lindo (e que modesta rs):

foto 1

foto 2
as cores das fotos estão diferentes porque uma tem filtro do IG, mas a receita é a mesma

Bolo de Especiarias (sem glúten, lactose e açúcar)

6 ovos
1 xícara de leite de amêndoas
1 xícara de farinha de coco orgânico (usei Fino Coco)
1 xícara de farinha de amêndoas
1 1/2 xícara de sucralose para forno e fogão (usei Línea)
1/2 xícara de amêndoas em lâminas
2 colheres de sopa de manteiga
1 pode te queijo cottage sem lactose (usei LacFree Verde Campo)
2 colheres de sopa de chá verde (produto seco, usei a marca Amor à Vida)
1 colher de chá de canela em pó (sempre coloco mais rsrs)
1 colher de café de cravo da índia em pó
1 1/2 colher de sopa de fermento em pó

Bater os ovos com o adoçante em pó na batedeira até crescer e ficar bem aerado. Adicione a manteiga e continue batendo enquanto acrescenta o leite e o queijo cottage. Quando estiver bem misturado, adicione as lâminas de amêndoas, o chá e as demais especiarias. Por último, o fermento.

Eu usei forma de silicone, por isso não foi necessário untar. Para formas tradicionais, unte como de costume, com manteiga e farinha sem glúten de sua preferência.

Asse em forno médio pré-aquecido por aproximadamente 30 minutos ou até que esteja firme e comece a dourar.

Esse bolo é beeem molhadinho – eu dispenso qualquer cobertura – e vai muito bem com um chá ou café quentinho.

Espero que gostem! Logo tem mais 😉

dica: guarde na geladeira.

OBS: sempre pairam dúvidas sobre a questão “manteiga tem lactose?”, por isso vou deixar aqui o link de um artigo (com referências bibliográficas) que joga uma luz sobre o assunto em linguagem simples. Só não vale confundir manteiga com margarina ou outro creme vegetal!

Margarinas, cremes vegetais e manteigas. Afinal, podemos consumí-los?www.semlactose.com

 

2 comentários

  1. Se eu tentar, te conto hehehe

  2. Mi Silva disse:

    Doida pra provar!
    Bjks
    Mi

Deixe um comentário :D