Warning: mysqli_set_charset(): Error executing query in /var/www/html/vivialberto.com.br/web/wp-includes/wp-db.php on line 823
Vivi Alberto
Warning: array_merge(): Argument #2 is not an array in /var/www/html/vivialberto.com.br/web/wp-content/plugins/wp-pagenavi/scb/Options.php on line 62
 

beleza

Belcorp – Onde? Como?

 

Oi meninas : )

Há muito tempo atrás, em 2008 para ser mais exata, fiz um post no Makeup Addicted sobre a empresa peruana Belcorp, que na época ainda estava se preparando para entrar no mercado brasileiro.

Demorou um tempo mas em Setembro de 2011 a marca deu início as suas operações com três marcas diferentes (Ésika, CyZone e L’Bel) vendidas através de consultoras, por catálogo, para concorrer com as gigantes Natura e Avon que dominam o mercado brasileiro de vendas diretas.

São mais de mais de 400 produtos no portifólio e quem acessar o site para ver os catálogos virtuais vai se deparar com uma variedade imensa de itens, cores, embalagens bonitas e bons preços (principalmente no catálogo da CyZone que é linha voltada ao público teen, tem batons e lápis por R$ 8,00 por exemplo). Apesar disso, eu não ficaria nem um pouco surpresa de saber que a maioria de vocês talvez nunca tenham ouvida falar de nenhuma das marcas ou da Belcorp.

É difícil encontrar revendedoras e quando entrei em contato com a central de atendimento da marca para solicitar que eles me indicassem a revendedora mais próxima, o atendente me disse que eles não tem como passar este tipo de informação; que se eu quisesse comprar os produtos teria que procurar um revendedor através de um site de buscas.

O QUE????????

Inacreditável!!! Meu primeiro pensamento foi que o atendente estava de brincadeira comigo e comecei a rir… quando percebi que ele estava falando sério, o máximo que consegui fazer foi dizer “vocês realmente acham que podem competir com as gigantes do mercado, sem no mínimo ter um sistema que possa indicar revendedores para quem quer comprar os produtos?”. Ele se limitou a dizer que não era possível mas que iria passar a minha sugestão ao departamento responsável.

Como eu não desisto fácil tentei entrar em contato com a empresa por email, facebook, twitter (vai que o atendente era mal informado né?) e nada.

Em empresas como Mary Kay, Jequiti e Eudora basta colocar o seu CEP no site e imetiatamente te fornecem uma lista com os revendedores próximos a você! Não sou nenhum gênio da informática, mas creio que seja tão difícil colocar um sistema deste tipo em um site, correto? Uma pena. Nunca experimentei os produtos, porque obviamente não tive oportunidade, mas creio que se estas marcas fossem bem trabalhadas iriam fazer sucesso por aqui também, já que são bem vendidas em toda a América Latina.

Vamos ver quanto tempo eles conseguem permanecer no mercado brasileiro desta forma. Outro dia, eu e a Vivi estávamos comentando este assunto; qual seria o motivo de várias marcas estrangeiras entrarem e sairem do Brasil em tão pouco tempo. Com exemplos como esse da Belcorp, chego a conclusão de que em alguns casos é nada mais, nada menos que falta de estratégia de mercado, infelizmente.

Nota da Vivi: viram porque digo que se existe a Pri conhece? rsrsrsrs Mas a questão central do post é bem importante. Em um país como o nosso, com milhares de mulheres ávidas por novidades, um mercado onde sempre cabe mais um – e com folga! – o que vemos acontecer constatemente é essa entrada triunfal desvairada, com marcas que acham que vão “chegar chegando”, sem estratégia definida de distribuição e atendimento, e farão sucesso simplesmente por existirem. Não é bem por aí. Aliás, é muito diferente desse caminho e eu sinto, sim, uma ponta de orgulho por perceber um mercado consumidor cada vez mais bem informado e exigente em relação aos produtos como um topo, qualidade, eficiência e também no relacionamento entre marca e usuário. Quer o nosso $$$ investido em seus produtos? Se faça presente e, no mínimo, fale direito com a gente, né?

Mais infos:
Site Belcorp
Catálogos virtuais (só visualização, sem compra): Ésika, CyZone e L’Bel

Coluna da Bella

Colluna da Bella

 

Olá, meninas,

Depois de tanto tempo com vocês, hoje vim dizer que resolvi dar um tempo.

Minha vida pessoal e profissional está passando por uma grande mudança, e infelizmente não estou tendo forças para me dedicar à Colluna da Bella como eu gostaria e como vocês merecem.

Para quem não sabe, acompanho o trabalho da Vivi há uns bons anos, desde quando ela tinha um outro blog. Quando ela abriu o Pop Topic, a acompanhei como leitora. Porém, como sempre gostei de pechincha, sempre repassava para ela dicas de ofertas em sites internacionais. Conversa vai, conversa vem, em 2011 ela me convidou a compartilhar essas dicas também com vocês (no início como Coluna da Isa, depois Coluna da Bella e, finalmente, Colluna da Bella).

De lá pra cá foram muitas Collunas, muitas dicas, e, especialmente, muito carinho que recebi de vocês. Hoje, mais do que me despedir, gostaria de agradecer o que vocês fizeram por mim. É muito bom saber que minhas opiniões e dicas são realmente lidas e aproveitadas por vocês.

Nesse momento em que o Pop Topic está crescendo, que novas colunistas estão chegando e ele está ficando ainda melhor, sinto que é meu momento de me retirar. Nesse time só pode ficar quem realmente pode estar comprometido com vocês, leitoras, e não estou conseguindo fazer isso como fazia há alguns meses. Até tentei mudar o foco da Colluna e voltei a conseguir escrever bem, mas minhas responsabilidades off-internet estão tomando meu tempo quase integral.

Queria falar menos, mas estou muito emocionada e gostaria de cada uma de vocês soubesse que vocês são muito especiais para mim.

Não vou dizer, adeus, apenas

ATÉ LOGO!

Beijos,

Isabella Rabello

beleza

Unhas Estreladas no Grammy

 

Esse ano acabaram com a minha graça com um Memorando (Wardrobe Advisory) que foi distribuido antes da premiação do Grammy Awards, alertando sobre as novas diretrizes de vestimenta para a ocasião. Ou seja, o red carpet mais absurdo de todos (meu preferido) foi podado.

A emissora CBS solicitou às estrelas que comparecem sem exposição excessiva de pele, com “nádegas e seios femininos devidamente cobertos”, por conta da transmissão televisionada. A nota oficial foi enviada na quarta anterior à premiação e também pedia atenção para tecidos transparentes e exposição de “região genital”.

Diversão frustrada à parte, o efeito foi positivíssimo e algumas estrelas estavam realmente dignas do título:

O canal E! inovou, colocando uma Mani Cam para capturar as unhas que as estrelas escolheram para acompanhar seus looks. Não ficou assim, uma coisa 100%, mas acredito que agora que surgiu, a ideia seja aprimorada e vamos ter imagens com mais detalhes num futuro próximo.

Fico pensando aqui comigo que, em matéria de unhas, as brasileiras arrasam, né? Francamente…

J.Lo fez questão de contar sobre as folhas de ouro, mas pra aplicar com esse relaxo podia ter usado glitter, que dava na mesma. Em compensação, a lindeza da Katy Perry (amo) surpreendeu usando esmalte Nude (pra não brigar com o decote, imagino), mas a aplicação estava impecável. Meu voto vai pra ela.

Vamos ver se veremos mais capricho na entrega do Oscar.

beleza

Repicado ou Desfiado?

 

Você sabe a diferença entre repicado e desfiado?

Então, eu também não tinha lá muita certeza. Na semana passada fui acertar o corte de cabelo e aproveitei a oportunidade pra sanar algumas dúvidas.

Repicar o cabelo é aquele ato libertador que permite que a gente mantenha um comprimento razoável sem perder o movimento e a leveza, com a construção de camadas. Aliás, o repicado também cumpre esse papel em cabelos curtos, caso contrário só teríamos cortes Reto, Joãozinho ou Tigela – e sabemos que atualmente não é esse o caso mesmo, há muitas variações e possibilidades para fios curtos médios e longos.

Meu cabelo atualmente está repicado E desfiado:

Meu último corte tinha sido no final de dezembro passado e normalmente refaço a cada três meses. Não sei se foi por conta do calor, mas os fios cresceram mais rápido e estavam perdendo o movimento. E vocês sabem, cabelão pesado não é nada fácil de controlar,e nem é meu estilo. Gosto de ter um comprimento bom pra poder brincar, prender, trançar um pouco, mas muito comprido e reto não vai bem com minha altura e começa a me incomodar. Anda tem o baby liss, meu companheiro de todas as horas, que tem uma tendência irrefreável pra fazer cachinhos infantis se o corte do cabelo for muito reto…

Fui cortar e pedi pro André (Loureiro, do Studium A) aumentar um pouco as camadas, sem medo de ser feliz, só não subindo acima do nariz, senão ia virar um arbusto quando estivesse sem modelar hahaha Claro que eu nem precisava ter dito isso, porque o profissional entende essa relação rosto/cabelos muito melhor do que nós, mas é que mulher não perde a oportunidade de acreditar que está no controle da situação quando o assunto envolve tesouras, néam…

Fiquei prestando atenção e consegui entender um pouco mais sobre a diferença entre o repicado e qual a ideia por trás de associá-lo ao desfiado, no mesmo corte.

No meu caso, que tenho uma tonelada de cabelo, o repicado sozinho proporciona as camadas, mas as pontas não ficam com movimento. A foto a seguir está estranha (e azul, porque estava anoitecendo rs), mas foi a que melhor captou a leveza das pontas:

O desfiado pode ser feito com tesoura (com modelo dedicado à técnica) ou com navalha tradicional. Já tive o cabelo desfiado com navalha, há muito tempo atrás, e hoje posso afirmar, com toda certeza, que o corte da tesoura desfiadeira é muito superior e faz muito mais pelo cabelo do que a navalha em si, que espiga as pontas.

Pra ilustrar “roubei” aqui a imagem da revista Profissão Cabeleireiro de janeiro, que fez uma comparação super atual entre os cortes que a mulherada está pedindo nos salões, mostrando bem a diferença entre Repicado e Desfiado, na prática:

E aí, repicado ou desfiado? 😉


Warning: array_merge(): Argument #2 is not an array in /var/www/html/vivialberto.com.br/web/wp-content/plugins/wp-pagenavi/scb/Options.php on line 62