Warning: mysqli_set_charset(): Error executing query in /var/www/html/vivialberto.com.br/web/wp-includes/wp-db.php on line 823
Vivi Alberto
Warning: array_merge(): Argument #2 is not an array in /var/www/html/vivialberto.com.br/web/wp-content/plugins/wp-pagenavi/scb/Options.php on line 62

Arquivo da categoria ‘Pele’

beleza

Eau de Beauté e outras Maravilhas Caudalie

 

Como acontece com quase todos os produtos de belê da minha vida, primeiro eu conheço de ouvir falar e, se o universo conspirar, um dia acaba acontecendo de experimentar pessoalmente. Com a francesa Caudalie foi assim.

Seu creme para mãos e unhas me foi descrito pela Cínthya simplesmente como “o melhor creme para mãos do mundo”.  Nesse ponto minha curiosidade foi seriamente aguçada, né?

Com a chegada da marca ao Brasil, tive a oportunidade de conhecer a loja do Shopping Iguatemi (da Faria Lima), por ocasião de uma comemoração em petit comitè do primeiro ano do Be8. Como era de se esperar da minha pessoa, não saí de lá sem antes fazer umas comprinhas que agora, já devidamente usadas a exaustão, recomendo sem sombra de dúvida:

Soin des Lèvres: protetor labial e hidratante, com polifenóis de sementes de uva, manteiga de karité, óleo de ricino (R$29,90). Já contei que me tornei aloka do lip balm por necessidade (sou aloka de diversos outros produtos, mas do lip balm é por uma ressecamento crônico dos lábios). No dia da visita à loja, vendo os tubinhos ali, agrupados, com a descrição cheia de ativos hidratantes e regeneradores, não pensei duas vezes, trouxe. E agora é simplesmente o primeiro da minha lista de balms preferidos, só fico sem se estiver em falta na loja. Não tem cheiro, nem sabor, mas é altamente regenerador e previne o ressecamento, o que é raro encontrar na real (prometer muitos prometem, neam).

E o outro produto é um multifuncional maravilhoso, a Eau de Beauté (Água de Beleza).
Aparentemente as pessoas, no Brasil, ainda não estão familiarizadas com as funções desse produto e estão falando nele como um ‘tipo de água termal’. Mas não é, tá?
Com uma carga imensa de ativos antioxidantes, a Eau de Beauté, usada com regularidade, blinda a pele diante dos nefastos radicais livres que nos bombardeiam diariamente. A semelhança dele com a água termal fica na textura, já que também é uma névoa spray e no frescor que proporciona. Mas em relação aos benefícios, pode acreditar, vai muito além (e olha que eu amo uma aguinha termal). Tem uma fragrância que realmente remete à realeza… Conheça a história: a Eau de Beauté Caudalie foi inspirada na rotina de beleza da Rainha Isabel de Hungria. Reza a lenda que esta miraculosa água foi concebida para Sua Majestade diretamente pelas mãos de um anjo (!) e seu uso intensivo ajudou a manter a sua beleza até os últimos dias de sua longa vida – coisa que não acontecia muito nos idos de 1300, concordam?

Lendas à parte, a original Água da Rainha da Hungria foi desenvolvida com alecrim mergulhado no vinho – um princípio descoberto por Arnaud de Villeneuve , no século XII -, mas que mais tarde foi enriquecido com a essência de lavanda, bergamota , jasmim , cardo e âmbar.

Eau de Beauté Caudalie: age alisando, suavizando e aumentando a luminosidade da pele. Sua fórmula contém uva (muitos polifenóis, eba!), flor de laranjeira (suaviza a pele irritada), rosa (regenerador), erva-cidreira biológica e alecrim. Minimiza os poros e proporciona mais viço à pele (preços no Brasil 30 ml R$79; 100 ml R$199)

Como comprei aqui no Brasil, comecei pela pequena, de 30 ml. Mas daí viciei de um jeito que pedi pra minha querida Tina Lopes, que estava na reta final de sua aventura francesa, mandar uns 5 litros via Correios pra mim!!! Tô aguardando ansiosamente a chegada, mas vale muito a pena…

Anotem a dica então: Eau de Beauté vai além de uma frescurinha refrescante ou água termal. É um produto de tratamento, desde que usado com regularidade. Você aplica depois de limpar a pele, antes de protetor ou maquiagem e também pode se refrescar durante o dia.

Pra quem quiser experimentar, marcando um horário na loja Caudalie do Iguatemi São Paulo, você pode fazer um tratamento chamado Mini Facial que é delicioso e levanta a fisionomia na hora. De acordo com a Cinthya são seguidos os mesmos procedimentos do SPA que a marca tem em NY!

Mais infos:
A marca tem lojas no Rio e em São Paulo, além da loja virtual em br.caudalie.com.

beleza

Guia do Protetor Solar Facial 2013/2014

 

Vamos lá, esse Guia foi planejado para que seja seu melhor amigo na hora de pensar na pele que você quer exibir em 2014 – e nos anos que vem pela frente! Vocês sabem que eu acredito – e procuro praticar sempre – a prevenção como melhor arma contra o envelhecimento precoce e forma de manter a pele saudável.

Com o verão se aproximando, os lançamentos já chegaram às prateleiras. Esse ano as novidades ficam por conta de texturas diferenciadas, por isso decidi focar o Guia nos Protetores Faciais, dado o crescimento na oferta de opções de proteção aliada à cor, para o rosto.

Com raras exceções, nós brasileiras sofremos com as variações de (altas) temperaturas em conjunto com nossa pele que frequentemente se apresenta mista/oleosa. Uma combinação que dificulta que o protetor solar faça parte da rotina de cuidados básicos diários de grande parte das mulheres, com a justificativa de que, depois de um tempo, tudo derrete.

Pensando nisso, a indústria tem se esmerado em desenvolver produtos exclusivos para nossas condições climáticas, capazes de se adaptar com mais facilidade à pele da brasileira, de um modo geral. Assim, mesmo que você já tenha experimentado anteriormente um protetor em Gel, dê uma nova chance. Ele provavelmente não é mais o mesmo. Já tentou uma loção e não deu certo? Revisite, ela pode ter melhorado muito. 2013 foi um ano de grandes e positivas mudanças nesse sentido. Com a multiplicação dos produtos em oferta, é gritante a melhora nas formulações e, viva!, nos preços, que se mostram bem mais realistas em alguns casos – na minha opinião ainda não são acessíveis o suficiente, mas já se vislumbra uma melhora. Concorrência é tudo no mercado e caminhamos para dias melhores.

Definições importantes:
Raios UV:

Raio UVB – atinge a pele superficialmente, causando vermelhidão e queimaduras. Sua intensidade varia de acordo com a estação do ano e a altitude do local em que nos encontramos geograficamente.

Raio UVA – atinge camadas mais profundas da pele. É o responsável pelo envelhecimento precoce, manchas e câncer de pele.

Fator de Proteção Solar

O FPS é a nomenclatura padrão utilizada para medir os raios UVB. Portanto, o índice de FPS determina o quanto uma pessoa está protegida de queimaduras solares decorrentes de exposição à radiação.

A proteção contra os raios UVA tem como parâmetro a medida PPD e não há obrigatoriedade de divulgação dessa informação na legislação de muitos países. No Brasil, alguns fabricantes divulgam, outros, não.

O melhor é sempre escolher um protetor solar de amplo espectro, que garanta proteção contra os dois tipos de radiação.

Precisa usar protetor todo dia, na rua, na chuva, na fazenda ou numa casinha de sapê?

Siiim! Vários estudos já publicados mostraram que algumas superfícies refletem luz solar (ou artificial) e potencializam a ação da radiação. Vejam que roubada:

  • neve (85%);
  • áreas planas pintadas de branco ou superfícies asfaltadas (70%)
  • areia branca (25%)

Além disso, já sabíamos que a água também permite a entrada e reflexão dos raios, assim como roupas claras e tecidos de “trama larga” ou furadinhos.

O dia está nublado? Não se engane! Mesmo no chamado “mormaço” a incidência dos raios pode chegar a 80%. Se você não estiver minimamente protegida, é dano na certa.

Isso sem contar a ação de outras fontes de luz, como lâmpadas e telas de computador. O protetor solar deve ser aplicado em todas as áreas expostas à radiação.

Quais as texturas disponíveis atualmente?
Aerosol, creme, spray, gel, loção, mousse e pó.

Qual a quantidade ideal?
Especialistas da Sociedade Brasileira de Dermatologia sugerem que para a face, seja utilizada, no mínimo, uma colher de chá rasa de produto. Para exposição solar do corpo todo (praia, piscina), a quantidade é de aproximadamente 3 colheres de sopa, com reaplicação a cada 2 horas ou sempre que houver mergulho ou excesso de suor.

Essa imagem foi feita usando uma medida-padrão (dessas de cozinha) e um Protetor Solar em Loção. A quantidade foi suficiente para que eu aplica-se no colo, pescoço e rosto. Sobrou um pouco. Isso mostra que, apesar de ser uma indicação padronizada, ela precisa ser adaptada a nossa constituição física. Algumas pessoas vão usar pouco mais, outras pouco menos. Só não dá para pensar em economizar produto, porque aí a proteção sai prejudicada. Se você aplicar uma quantidade inferior àquela necessária para cobrir toda a superfície exposta da sua pele, o FPS escolhido diminui. Aplicou FPS 60, mas não cobriu tudo, baixou para 30 ou menos. E assim por diante.

Se a escolha for uma Base com FPS, a garantia da proteção recai na reaplicação do produto em intervalos de 3 a 4 horas. Ou seja, pelo menos uma vez no trabalho você deve reaplicar no rosto todo.

Protetor com Cor de Base X Base com Fator de Proteção Solar
O mais recente dilema de balcão: escolher uma base com proteção ou um protetor com cor de base? Apesar da questão já ter virado tema inclusive de filme publicitário, não existe uma verdade absoluta a respeito de que produto é superior. O que existem são necessidades individuais, que devem ser examinadas na hora de escolher o produto que VOCÊ vai usar, de acordo com a ocasião (trabalho, cotidiano, passeio).

Proteção diante da radiação UV: tanto o Protetor com Cor de Base quanto a Base com FPS proporcionam proteção de amplo espectro, graças aos minerais presentes nos pigmentos que, além de dar cor, não permitem a absorção os raios UV. A diferença é que o Protetor com Cor de Base bloqueia raios UVA, UVB e luz visível, enquanto a Base com FPS protege apenas contra UVB (os mais nocivos, qua causam danos ao DNA das células) e luz visível.

Há muitos aspectos a se considerar aqui. O primeiro deles é que se a opção for pela Base com FPS, ela precisa ter no mínimo FPS 30 para atuar como protetora. Aquela máxima que diz que pouca proteção é melhor do que nenhuma está mais para uma desculpa do tipo muleta do que para uma justificativa palpável. FPS menor do que 30 nem deveria estar disponível, se formos avaliar sob a ótica da prevenção ao dano celular.

Ao usar a Base com FPS você precisa se certificar se realmente cobriu toda a área do rosto, colo e pescoço. Como a cobertura da base é maior do que um protetor, corremos o risco de fazer mão leve na aplicação com medo do resultado ‘cara de reboco’. Um medo bem fundamentado, diga-se de passagem. Mas se a aplicação for correta, nada tema. Você pode reforçar a proteção, a cada 3 ou 4 horas, com um protetor em pó, por exemplo, para não pesar.

Já o Protetor com Cor de Base é levemente colorido, tanto que são procurados atualmente também pelos homens, que encontraram neles um potente aliado. Enquanto alguns apresentam opções de cor para melhor adaptação ao tom natural da pele, outros oferecem apenas um tom universal, que se funde, sem mascarar de fato. Como tem a cobertura de cor mais leve, podem ser reaplicados tranquilamente.

Dá para confiar na Base com FPS30 (inclua aqui também os primers e BB Creams) como protetores? Aí estamos nas mãos das normas que regem a regulamentação de produtos no nosso país. Se ele está registrado e aprovado, vendido livremente na prateleira, anunciando sua capacidade de proteção e exibindo FPS 30 ou superior, pode estar na categoria dos Protetores e a nós cabe seguir as instruções de uso (aplicação e reaplicação) e esperar pelo melhor.

Não quer arriscar sua proteção? Não há problema nenhum em usar Base com FPS + Protetor Solar. As exceções são alergias individuais que não há como prever. Vale também procurar pelas texturas que mais se adaptem ao uso concomitante. Quanto mais leve, melhor. Sem esquecer que o FPS deve ser aplicado sobre o rosto limpo e seco.

Seu protetor Solar oferece outros benefícios, como hidratação ou controle de oleosidade? Não custa tentar. O importante é sempre observar a reação da sua pele. Se o produto multi funcional (como os BB Creams) forem suficientes para proporcionar o que você precisa, nada impede que você opte por eles, desde que observando as instruções de uso (no caso, a reaplicação para manter o FPS).

LANÇAMENTOS


Episol SEC FPS 60, Mantecorp: tecnologia Très Sec, composta por micropartículas capazes de encapsular e absorver a gordura presente na pele, proporcionando imediatamente um toque seco, efeito antibrilho e sensação de suavidade, sem aspecto branco ou pastoso. Formulado com um conjunto de filtros químicos e físicos, oferece alta proteção contra os efeitos dos raios UVA e UVB, prevenindo o envelhecimento da pele e protegendo das queimaduras solares. A formulação ainda contém os Complexos F, A, C,E – conjunto de vitaminas antioxidantes, que neutralizam os radicais livres gerados pela radiação solar e prevenindo os males causados pelo sol. O fotoprotetor não possui fragrância e tem composição hipoalergência e comedogênica (não obstrui os poros), oferecendo menor risco de alergias ou irritações cutâneas, além de não provocar cravos. É à prova d’àgua, o que permite uma imersão de até 80 minutos sem perda de proteção e é indicado para uso diário e para todos os tipos de pele, especialmente, as extremamente sensíveis ao sol. A linha Episol SEC conta ainda com as versões FPS 30 e FPS 45. (R$ 76,00)

Episol Color, Mantecorp: fotoprotetores com base corretiva em três diferentes tonalidades (pele clara, pele morena e pele morena mais) que promovem alta proteção contra os raios UVA, UVB e luz visível. A linha é indicada para todos os tipos de pele, inclusive as sensíveis e oleosas, e nos pós-procedimentos estéticos, pois são hipoalergênicos e podem ser utilizados diariamente. Todas tem efeito não comedogênico, ou seja, não obstrui os poros, por isso, não provoca cravos e espinhas. (R$ 60,00)

Anthelios AE Serum FPS 30, La Roche-Posay: protetor solar com ação antienvelhecimento reforçada em uma textura sérum com toque imperceptível. Sua textura sérum aquosa, possibilita rápida absorção e toque imperceptível na pele. Após a aplicação, a pele torna-se imediatamente fresca, hidratada e protegida, graças a um acabamento leve, que deixa a pele sem brilho ou manchas brancas. Sua ação antienvelhecimento vem da fórmula com uma exclusiva combinação de ácido hialurônico fragmentado, conhecido por penetrar mais profundamente na pele, deixando-a mais hidratada e uniforme. Além disso, possui um complexo antioxidante com Vitamina E. e água termal de La Roche-Posay, que age contra os radicais livres. E a alta proteção UVB/UVA com FPS30 e PPD17, que ajuda a prevenir os sinais de envelhecimento induzidos pela radiação UV. (R$69,90)

Anthelios Couvrant FPS 60/PPD29, La Roche-Posay: máxima proteção com a alta cobertura de base. Une muito alta proteção contra os raios UVB/UVA (FPS 60 PPD 29) a uma textura creme de alta cobertura, podendo substituir a base de maquiagem diária, uma vez que o fotoprotetor é o primeiro da marca disponível em duas cores: 01 (para peles claras) e 02 (para peles médias). Sua ação proporciona um efeito natural e homogêneo, com alto nível de opacidade, promovendo a cobertura imediata das imperfeições da pele. Outra novidade está na sua capacidade de filtrar a luz visível, aquela que é perceptível aos olhos humanos, como exemplos a luz de lâmpadas fluorescentes, que geralmente iluminam ambientes internos, a luz do computador e a claridade que entra pela janela. (R$69,90)

Capital Soleil BB Aera-mousse FPS 30, Vichy: textura que reúne cinco benefícios: matifica, suaviza, unifica o tom e as irregularidades da pele e ilumina, além de garantir a proteção UVA/UVB com a qualidade e a segurança dos protetores solares Vichy. A embalagem pump libera a espuma aerada na quantidade ideal para rosto e colo. Além disso, possui cor de base “ultra leve”, indicada para todos os tons de pele. Sua fórmula conserva as características do fotoprotetor tradicional, com micropartículas de Sílica, ativo contra a oleosidade, e o exclusivo sistema de filtros Vichy contra os raios UVA e UVB, que associa filtros químicos (que absorvem e transformam os raios UV em raios de menor energia) e físicos (que refletem os raios UV). (R$ 69,90)

Capital Soleil Toque Seco Com Cor FPS 50, Vichy: fórmula que conserva as características do já consagrado Capital Soleil Toque Seco, desenvolvido especialmente para o Brasil. Com micropartículas ultra secantes de sílica, a fórmula controla a oleosidade e ainda proporciona absorção imediata, com textura seca e ação antibrilho duradoura. Possui também exclusivo sistema de filtros Vichy contra os raios UVA e UVB, que associa filtros químicos (que absorvem e transformam os raios UV em raios de menor energia) e físicos (que refletem os raios UV): Mexoryl XL/SX (patenteada pela L’Oréal, que previne queimaduras solares e o envelhecimento prematuro causado pelo sol, como manchas e rugas); Parsol 1789 (filtro UVA longo);Tinosorb S (filtro UVA e UVB – altamente eficiente com propriedades de filtro físico e químico e tripla ação: absorção, reflexão e difração da luz) e Dióxido de titânio (filtro físico com proteção UVA e UVB). É absorvido rapidamente, sem deixar resíduos. Sua textura uniformiza o tom da pele e ajuda a disfarçar irregularidades. Possui água termal de Vichy, não tem parabenos, é resistente à água. (R$ 59,90)

Protetor Solar Pó Compacto FPS 50, Moderm: multifuncional, que oferece, de uma só vez, ultraproteção contra os raios solares UVB/UVA, tratamento anti-idade, além dos benefícios de um pó compacto tradicional: efeitos tonalizante, antibrilho e acabamento mate. Possui uma combinação eficaz de Vitamina E, que atua como reforço no combate aos radicais livres, com a incrível tecnologia Soft Focus – microesferas que refletem a luz de forma uniforme, disfarçando rugas finas e possíveis imperfeições na pele. Ele também ajuda a controlar e reduzir o brilho ao longo do dia e está disponível em duas tonalidades: bege claro e bege médio. Hipoalergênico, não comedogênico, livre de parabenos e indicado para todos os tipos de pele. Sua embalagem é prática, ideal para ser levada na bolsa, e inclui um espelho, que facilita a aplicação. (R$ 64,90)

Actine Protetor Solar Hidratante FPS 30, Darrow: protetor solar facial com FPS 30 oil free com ação hidratante para peles oleosas e/ou acneicas. Sua fórmula (com zinco, glicerina e polímeros matificantes) oferece proteção diária contra os raios solares associada a ativos que hidratam e controlam a oleosidade da pele. Com textura fluída e não-oleosa ele é absorvido rapidamente na pele. (R$40)

Minesol Actif Unify Fps80, RoC: oferece proteção muito alta contra efeitos nocivos do raios UVA e UVB e ajuda a uniformizar a tonalidade da pele. Sua fórmula exclusiva possui um perfeito equilíbrio de filtros fotoestáveis que garantem a proteção contra queimaduras solares e envelhecimento prematuro da pele, além de possui Tecnologia Soya reconhecida por ajudar na uniformização da tonalidade da pele. Com fórmula oill freee com toque-seco e sem fragrância, se adequa a todos os tipos de pele. (R$70)

Emulsão Toque Seco Color FPS 30, Avène: desenvolvido exclusivamente para a pele brasileira, possui um exclusivo complexo fotoprotetor, que possui o menos número de filtros químicos e oferece alta fotoproteção e fotoestabilidade, maior tolerância para as peles mistas e oleosas, até mesmo sensíveis. Multibenefícios, ajuda a controlar a oleosidade e oferece textura antibrilho, além de possuir cor de base única, que se adapta a todos os tons de pele, ajudando a camuflar imperfeições e uniformizar o tom da pele. Sua fórmula contém complexo de filtros fotoestáveis e de amplo espectro anti-UVB, UVA curto e longo;Pré-Tocoferil: potente antioxidante que combate os radicais livres, previne o envelhecimento da pele e o aparecimento de manchas solares;Água Termal de Avène: ingrediente ativo com ação calmante, anti-irritante e antioxidante;Gliceril Laurato: Ativo que age nas três causas da acne. Regula a produção de sebo, inibe a multiplicação dos sebócitos e ação antibacteriana. (R$65)

Hidratante Tonalizante Protetor Diário para o Rosto FPS 30 Chronos Hydra, Natura: uniformiza o tom da pele, disfarçando imperfeições como poros e olheiras. Promove hidratação por 24 horas e alta proteção solar, além de proteger contra o envelhecimento precoce, a ação dos radicais livres e as agressões do dia-a-dia. Uniformiza o tom da pele. Hidratação 24 horas. Proteção solar UVA (PPD maior que 1/3) e UVB (FPS 30). Prevenção do envelhecimento precoce. Proteção contra as agressões do dia-a-dia. Ação antioxidante. (R$39,80)

Expertise Invisilight FPS 30 Sérum, L’óreal: com textura serum levíssima, de absorção imediata, sua fórmula possui filtro solar Mexoryl XL de altíssima eficácia, patente dos laborátorios L’oréal que entrega proteção contra os raios UVA/UVB, prevenindo o envelhecimento solar (rugas e manchas solares). Absorção imediata, resultado invisível. Oil free. (R$ 41,90)

BB Base Multi Benefício Natura Una, Natura: hidratante, contém FPS 30, ajuda a controlar a oleosidade e também tem ingredientes de tratamento em sua fórmula. O composto CAO tem licopeno extraído do tomate, extrato de café verde e vitamina E. Sua carga de antioxidantes atua prevenindo o envelhecimento precoce. Contém ainda Elastinol +R, outro ativo de tratamento, que age melhorando a firmeza e elasticidade da pele, além de manter a hidratação ao longo do dia. (R$55)

Hidra Sun Progress FPS 35 BB Cream, Buona Vita: Protetor Solar FPS 35 e PA +++; Sua fórmula contém: Ácido hialurônico, que confere aspecto aveludado, macio e promove hidratação à pele, que também atua como agente filmógeno; Manteiga de Cupuaçu: emoliente com ótima capacidade de promover a hidratação cutânea; Fitosteróis que agem na reposição lipídica do estrato córneo, diminuindo a perda transepidérmica de água por atuar no equilíbrio hídrico, facilitando a regeneração do tecido; Aloe Vera, dermoprotetor, hidratante, tônico, umectante, emoliante, anti-inflamatório, refrescante, calmante e regenerador de tecido; Beauplex VH (vitaminas E, B3, B5, B6, C), composição balanceada de várias vitaminas, proporcionando atividade biológica ideal à pele. Nutre, hidrata e fortalece a pele, ao mesmo tempo em que energiza e ativa as células. Oferece proteção contra o envelhecimento precoce; Extrato Glicólico de Camomila, antisséptico, anti-inflamatório, antioxidante, cicatrizante, refrescante, suavizante, protetor solar.

Protetor Solar SPF 30 Natural Sunscreen, bareMinerals: protetor solar em pó mineral solto, especialmente formulado para proporcionar uma sensação confortável na pele. Age contra os efeitos nocivos dos raios UVA/UVB, ajudando a prevenir o envelhecimento precoce da pele e os danos causados pelo sol. Sua levíssima fórmula em pó não é oleosa e evita a obstrução dos poros.

Helioral® Fotoprotetor em Cápsulas, Melora: coadjuvante via oral para proteção da pele. composto pelo extrato de Polypodium leucotomos, da família Polypodiaceae, proveniente de uma planta tropical cultivada na América Central e do Sul. Estudos mostram que o extrato de Polypodium leucotomos exerce atividade anti-inflamatória (combate inflamações), diminui os efeitos negativos dos raios UV, aumentando a tolerância da pele ao sol, reforçando as defesas cutâneas contra os raios ultravioleta e evitando a formação de radicais livres que causam o envelhecimento precoce. Também diminui a perda de água pela derme e é indicado a pessoas com manchas resistentes no rosto (melasma). Atenção: seu uso não substitui a aplicação de protetor solar. (R$80)

Veja também: Dossiê do Protetor Solar 2012

Só a título de comparação, peguei todos os Protetores com Cor que tinha aqui em casa pra vocês terem ideia de que funciona bem diferente de uma base. Olhando para a primeira imagem, é difícil dizer que ALGUM deles vai dar certo na pele, além de serem completamente diferentes uns dos outros.

Na segunda foto, já secos, a surpresa: a bem da verdade só o Episol Color ficou destacado demais, muito escuro (não tinha tester na farmácia, dancei). Os outros, de uma forma geral, se misturaram à pele. Isso no braço, que é mais homogêneo, no rosto, com sardas e manchinhas, fica bem melhor.

beleza

Novidades na Linha de Proteção Solar Expertise

 

E o calor que fez no final de semana passado, o que foi aquilo, minha gente?

Vou fazer coro com as reclamações sobre a temperatura, porque ninguém merece cozinhar ao sabor do clima, desse jeito. Parece que nada alivia, tudo incomoda, e a gente só pensa em transformar sorvete em refeição. Me acabei de tanto comer gelatina (amo mais do que sorvete, pode?).

Desse jeito vocês podem imaginar como a piscina estava muito mais do que convidativa, chamando com o dedinho. Mas quem aguenta o sol de torradeirra?! Tive que esperar o fim da tarde pra conseguir pensar em sair da sombra – que nem fresca estava – pra me aventurar na água. Foi aí aproveitei pra experimentar os novos protetores da linha Solar Expertise, que trouxe novidades para essa temporada.

Como dá pra perceber pelo bronzeado ausente que desfilo, eu não tomo sol. Eu nem posso tomar sol; tenho aquele tipo de pele que a gente vê nos testes na alternativa “sempre queima e nunca bronzeia”. Acho lindo um tom dourado saudável, mas em mim não rola (só com autobronzeador). Por isso protetor corporal, junto com o facial, é item de primeira necessidade pra mim. Independente da estação do ano, mãos e braços também precisam estar protegidos. Isso ou me transformo numa mancha humana. Melhor prevenir.

Posso dizer que conheço bem a linha Solar Expertise porque desde seu lançamento ela está entre as que compro, por ter filtros confiáveis (ou seja: estáveis) e preço acessível. Porque tem mais essa: morar “no campo”, com piscina, é muito gostoso, sim, nem tenho como negar. Só que a pessoa precisa estar preparada pras visitas e isso inclui bastante protetor solar… Então se for bom e barato, tanto melhor!

Por essa familiaridade com os produtos, pude perceber bem as mudanças. A textura está bem mais leve, mesmo nos protetores corporais pra exposição solar – vocês sabem, tem diferença entre protetor próprio pra se expor ao sol e os faciais, por exemplo, que são para os raios que não temos como escapar. Não é a toa que protetores corporais são sempre um pouco mais densos do que os faciais, eles estão preparados pra gente “lagartixar” (mas só um pouco, heim!) diretamente ao sol. São duas as novas versões, a descrição completa vem daqui a pouco, mas já adianto que o Sublime Protection tem um cheirinho bom, mas bom… Lembra batidinha de coco, bem coisa de praia mesmo! ha ha ha Tem micro partículas que servem para que o bronzeado – quando e se ele acontecer – seja realçado. Sei que essa descrição faz pensar num iluminador, mas não é assim, não dá pra ver as partículas, elas não brilham. Além disso, o Sublime Protection tem uma dose a mais de ativos (óleo de Argan) pra manter a hidratação, seguindo o raciocínio de que, mantendo a água na pele (hidratação), o bronzeado vai ficar, por consequência, mais bonito.

Invisilight foi desenvolvido pensando exclusivamente na gente, na nossa beleza infinita e absoluta de mulher brasileira em primeiro lugar. Considerando também na nossa aversão por produtos “peguentos” e que derretem e escorrem no nosso calor tropical. Se é pra usar protetor, tem que ser um do nosso jeito. Pronto, nossos desejos foram atendidos. Ele não tem a fragrância de coco (que na verdade eu acredito ser do óleo de argan no outro produto), mas também não tem aquele odor característico dos protetores antigos. A fórmula é muito, muito leve e super fluida. Espalha rápido e não deixa esbranquiçado.

O Facial vocês vão a-mar. É um sérum, sequíssimo. Sério, me surpreendi, tem textura de dermocosmético, dá pra usar tranquilamente no dia a dia – e a gente sabe que é raro um protetor solar desses “de praia” que permita isso, geralmente eles acabam pesando sob a maquiagem. Não é esse o caso. Facial Invisilight é um desses lançamentos que vale a pena conferir de perto, na sua pele.

Vamos aos detalhes formais, então:

Invisilight – contém o filtro Mexoryl XL, protege contra os raios UVA e UVB, tem dois produtos:
Loção FPS 30 para Corpo e Rosto (120 ml) – R$ 27,90
Facial Sérum FPS 30 (50 g) – R$ 41,90

Sublime Protection – contém os filtros Mexoryl SL + XL, além de ser enriquecido com vitamina E; ômegas 3 e 6, e óleo de argan.
Loção FPS 15 (120ml) – R$ 21,20
Loção FPS 30 (120 ml)- R$ 27,90
Loção FPS 30 (200 ml)– R$ 34,00
Loção FPS 50 (120 ml)– R$ 35,90
Loção FPS 50 (200 ml)– R$ 39,90

SEJA LINDA, SEMPRE USE PROTETOR SOLAR!

beleza

Beleza Perigosa

 

Eu tinha uma novidade quentíssima em matéria de estética corporal pra começar essa semana – e o mês de novembro – com o que há de mais atual pra quem está fazendo contagem regressiva pro verão e suas delícias.

Só que o programa Fantástico, exibido ontem (03/11) mudou completamente a ordem das prioridades, trazendo à tona uma discussão que precisava ganhar o grande público há muito tempo, mas por conta de intere$$e$ mil, ficava velada, escondida debaixo de um tapete que, finalmente, cresceu tanto que virou um elefante branco na sala. Não dá mais pra ignorar.

Todo mundo aqui já está cansado de saber que se hoje falo sobre beleza e estética é porque esse já era um assunto de meu interesse desde muito antes de sequer pensar em blog. Sou curiosa a esse respeito desde meus 14/15 anos, quando as marcas de protetor solar disponíveis no Brasil eram contadas nos dedos de uma mão e as cores de batom se resumiam a vermelho e rosa. Com o primeiro emprego veio a primeira graninha pra investir em escolhas próprias e um mercado em plena expansão me moldou numa consumidora voraz de perfumaria, habilidade essa que culminou, mais tarde, numa queda de para quedas, na categoria blogueira de beleza.

Nesse meio as coisas são muito legais até a página 5, que é quando você tem acesso muito mais rápido a informações, o que amplia o leque de opções na hora de escolher serviço de beleza. O que aconteceu comigo – e que fez a história perder muito sua graça – foi que, de repente, o que eu falava precisava atribuir um caráter de sim ou não, aprovo ou não aprovo; determinando minha sentença sobre o serviço/produto em questão. Por que eu digo que isso não tem graça nenhuma? Porque se tem uma coisa que não gosto no mundo é que alguém tome uma decisão por mim. Se outra coisa que pode me irritar ainda mais é que alguém jogue nas minhas mãos a tomada de uma decisão que deveria ser puramente pessoal, terceirizando a responsabilidade da própria escolha. Isso vale pra batom ou pra abdominoplastia. Não interessa, é seu dinheiro, seu corpo, sua necessidade, seu desejo de consumo: eu não posso decidir por você.

Já, por outro lado, tem um aspecto de escrever em blog que considero primordial, muito importante mesmo: eu não tenho o menor controle sobre quem está lendo o que escrevo. Ao mesmo tempo em que transmito aqui o meu olhar sobre determinado assunto, tenho consciência sobrenatural de que existe toda uma gama de detalhes particulares, próprios de cada pessoa, que vai tornar a opinião delas, sobre o mesmíssimo objeto em questão, em um algo muito diferente do significado que tem pra mim. Como se resolve essa equação, onde tantas pessoas diferentes enxergam um objeto comum, usando as lentes variadas? A solução é uma só: os fatos. O denominador comum a qualquer observação é esse, as coisas são o que são, indiferentes ao nosso desejo de como gostaríamos que elas fossem. Vou colocar agora no contexto da estética e vocês vão me entender rapidinho.

Exemplo prático: toda a wolrd wide web sabe que fiz CO2 na face. Sabe porque eu, de livre e espontânea vontade, decidi documentar e publicar o processo praticamente completo, da aplicação à recuperação, para que outras pessoas pudessem, através dos fatos (e fotos reais) ver como funcionou em mim esse procedimento nada simples, que envolve a agressão da pele pelo Laser, uma recuperação incômoda, incertezas diante do espelho a cada dia, inchaço, alguma dor. Um relato em primeira pessoa que poderia – como o faz até hoje – servir de parâmetro de comparação no momento em que alguém estivesse pesquisando sobre o assunto, a procura de entender um pouco como funciona na vida real, porque até então, o que tínhamos eram apenas promessas em sites de estabelecimentos que ofereciam o serviço. Meu objetivo foi totalmente alcançado, eu contei minha experiência. O que aconteceu depois? Bem, várias coisas.

Em grande parte, coisas boas. Muitas pessoas me escrevem pra falar sobre o assunto, normalmente quando estão refletindo sobre fazer ou não o procedimento. Querem trocar opiniões com alguém que já passou por isso, querem um ou outro detalhe que não está nos textos. Mas tem também os aspectos chatos. Infelizmente esses foram aumentando o grau de chatice com o passar do tempo, aumentando na mesma proporção que o boom de um mercado paralelo, o da beleza la garantia soy yo, que foi justamente esse mostrado pela reportagem do Fantástico, ontem.

Pessoas começaram a questionar minha recuperação (lenta, 30 dias), já que, pra elas, disseram que em sete dias eu tava boa. Desculpe, em sete dias eu só estava liberada pra aparecer sem fazer com que as crianças corressem chorando pras montanhas; não estava recuperada. Começaram a aparecer casos (no plural) de pessoas cujas marcas de queimadura do Laser não tinham desaparecido como as minhas, e agora é normal, é assim mesmo? Gente, do fundo do meu coração, a única coisa que posso dizer é que em x dias as minhas tinham sumido, não posso avaliar as de mais ninguém. E finalmente, a discrepância de valores. Eu não escondi de ninguém, paguei meu procedimento parceladíssimo. E foi pesado! Pouco menos do que uma cirurgia plástica, já que não envolvia internação; fora os valores dos produtos que eram obrigatórios no período de cicatrização, medicamentos e cosméticos. Não foi um passeio, não foi simples. Foi custoso e demorado, como um procedimento médico costuma ser. A impressão que dava é que, quando eu respondia com a verdade, as pessoas se decepcionavam, porque não era tudo tão fácil, rápido e barato como o que tinha sido oferecido a elas.

O que finalmente me fez chegar a conclusão de que as coisas tinham degringolado pra uma direção muito perigosa e eu já não sentia mais vontade de falar tão espontaneamente sobre o assunto. Procedimentos caríssimos (com custo construído sobre equipamentos importados e principalmente especialização dos profissionais) são agora oferecidos a preços surpreendentemente módicos, em locais que nem sempre podem ser chamados de Clínicas, sem acompanhamento prévio ou posterior. Executados por pessoas que não exercem nenhum ramo da medicina ou ao menos sejam técnicos da área e, pior de tudo, pagou, levou, não volte pra reclamar. Vocês não tem ideia da quantidade de gente que sai de um procedimento desses sem a menor noção de como funciona a recuperação. Ai, Vivi, que elitista! Então pra ser bom tem que ser caro? Não mesmo! O que acontece não tem nada a ver com status, é apenas uma realidade: tecnologia tem preço e ele é alto. Fato. Pra ser bom tem que ser honesto, só isso.

Eu tinha conhecimento de que a situação estava chegando ao limite porque muitos desses clientes/pacientes desorientados acabaram aqui no Pop, graças ao Dr. Google, que era o único disponível a eles, depois de concluído o negócio da china. O que pude oferecer pra essas pessoas foi o que disse antes: os fatos. O que eu fiz, como fiz, orientada por quem. Isso resolvia o problema deles? Não, claro. Nenhuma situação é igual, somos pessoas diferentes, que passamos por um procedimento semelhante, mas em condições que não podem ser comparadas – equipamentos, profissionais, tratamento. É frustrante, mas trocar experiências, conversar sobre o assunto, é uma coisa, já solucionar as complicações está, como sempre esteve, fora do meu alcance – e, muito sinceramente, está fora do alcance de qualquer pessoa além do profissional que executou o serviço.

Ontem a situação se desenhou bem nítida, na matéria do Fantástico. As pessoas estão sendo enganadas. Elas deveriam se informar melhor antes de se submeter a procedimentos estéticos de qualquer espécie, e em absolutamente qualquer lugar? Sem dúvida. Buscar informação é nosso dever, sempre. Até pra poder reclamar depois, precisamos estar cientes do que estamos nos propondo fazer.

Falta fiscalização? Sem dúvida. Falta fiscalização em tudo nesse país, não seria diferente na estética.

Mas há uma verdade bem dolorosa aí também: as pessoas estão perdendo valores fundamentais. Ética, comprometimento, respeito pela vida humana, tudo isso é descartado quando a motivação é ganhar dinheiro. Por isso, diante de uma oferta muito atrativa, peça pro coração silenciar por uns momentos e exija uma opinião objetiva do seu cérebro: você já verificou tudo que poderia pra saber se tem caroço nesse angu?

Se ficar em dúvida, adie. E pesquise, amiga. Pesquise muito. Antes de fazer, porque depois a coisa fica feia. Literalmente.


Warning: array_merge(): Argument #2 is not an array in /var/www/html/vivialberto.com.br/web/wp-content/plugins/wp-pagenavi/scb/Options.php on line 62